SR260218a

Agricultura familiar de São Miguel de Taipu, via Emater, introduz experiência com algodão orgânico

SR260218aA Emater de São Miguel de Taipu, zona da Mata Sul paraibana, está fazendo um trabalho junto a agricultura familiar para o plantio do algodão orgânico nesta safra 2018.

Conforme o assessor do escritório local da Emater, São Miguel de Taipu, Fábio Pereira de Sousa(esquerda), o trabalho está sendo feito junto aos interessados em plantar algodão naquele município que estão sendo convidados a procurar o escritório local da Emater para fazer sua inscrição no período de 26 de Fevereiro a 09 de Março de 2018.

Fábio informou que o objetivo é de revitalizar a cadeia produtiva do algodão naquele município, por meio da Emater-PB, numa ação que se inicia neste ano 2018 através do Projeto Algodão Paraíba. “Nós queremos que o agricultor tenha no algodão mais uma alternativa de renda. Vamos proporcionar o fortalecimento do setor através de políticas públicas como o crédito rural, seguridade agrícola, além de apoiar na certificação e comercialização”, explica o assessor da Emater local Fábio Sousa.

Ainda, conforme aquele assessor, uma das premissas do projeto é o cultivo orgânico como diferencial competitivo tendo em vista que o algodão da agricultura familiar não pode competir com o algodão do Cerrado e acrescenta que a iniciativa busca incentivar a integração com outras cadeias produtivas como a bovinocultura, além do cultivo em consórcios com culturas alimentares.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo