SR120918c

BNB e Prefeitura de Juazeirinho assinam convênio beneficiando agricultores com débito no Banco do Nordeste

SR120918cAgricultores e agricultoras familiares do município de Juazeirinho, Seridó paraibano, participaram de uma reunião na manhã desta quarta-feira(12), naquela cidade, para presenciar assinatura de convênio entre a Prefeitura Municipal de Juazeirinho e Banco do Nordeste que coloca em dia antigos débitos dessas famílias que, diante de secas, dentre outros entraves, vivem a inadimplência junto a instituição credora.

José Vicente de Melo é agente de desenvolvimento do Banco do Nordeste, participou do evento e, em entrevista ampla ao Stúdio Rural, explica os detalhes da lei, das ações do prefeito daquele município, Bevilacqua Matias, junto a Câmara Municipal de Vereadores, da importância destas ações para a vida das famílias agricultoras na retomada do crescimento no meio rural, sobre os passos que outros gestores e gestoras estão dando junto ao BNB para a implementação da ação que possibilita a liquidação e renegociação pela Lei 13.606/18 dentre outras informações de importância para toda a região semiárida brasileira. “Essa ação ocorreu graças a uma parceria do Banco do Nordeste com a Prefeitura Municipal de Juazeirinho através do prefeito Bevilacqua que, por uma decisão política ele decidiu custear a diferença que é exigido pela Lei Federal 13.606/18 para regularização das dívidas rurais dos agricultores daquele município. O prefeito, a partir de sua decisão, enviou a proposta de lei municipal para a Câmara dos Vereadores, a Câmara dos Vereadores a aprovou e a partir daí ele designou recursos e está sendo possível o Banco do Nordeste regularizar o endividamento geral dos agricultores de Juazeirinho”, explica Zé Vicente ao iniciar ampla entrevista que será trabalhada no Programa Domingo Rural e Programa Esperança no Campo do próximo final de semana.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo