SR130618a

Domingo Rural evidencia Dia de Campo em Picuí sobre produção de forragens em áreas degradas do Seridó Curimataú paraibano

SR130618aEstá quase tudo pronto para a realização do Dia de Campo sobre a Produção de forragens em áreas degradadas do Seridó Curimataú paraibano, evento que acontecerá nesta sexta-feira(15), tendo como local a Fazenda Agroecológica Gavião, zona rural de Picuí, no Curimataú paraibano.

No Programa Domingo Rural e Programa Esperança no Campo do último final de semana, o professor do Instituto Federal de Educação de Picuí, Frederico Campos Pereira, participou para convidar a comunidade em geral para participar do evento que se inicia às 08:00 horas da manhã. “Antes que esta copa comece, a copa mais desmotivada dos últimos anos, então a gente vai motivar o pessoal mais para o lado do meio ambiente que é a coisa mais urgente que está batendo a nossa porta, então nós teremos sexta-feira, dia 15, o Dia de Campo de Produção de Forragens Alternativas em Áreas Degradas, vai ser lá na Fazenda Gavião, nós já temos algumas comitivas já confirmadas, temos uma comitiva de itanguaçu do Instituto Federal do Rio Grande do Norte; temos uma comitiva da UFCG aqui de Campina Grande, do curso de Engenharia Agrícola; temos a comitiva da Prefeitura de Caicó; temos uma comitiva de Timbaúba dos Batistas que também estão vindo, então vai ser uma manhã muito especial, vai ser apenas pela manhã este dia de campo onde temos comitivas do Instituto Nacional do Semiárido através do professor Daniel Duarte e assim por diante, então vai ser extremamente importante esse dia de campo pra consolidação de nossas ações com recuperação de áreas degradadas”, explica aquele professor que é também coordenador do Núcleo de Estudos Agroecológicos naquele instituto.

José Ranieri Santos Ferreira é secretário da Agricultura daquele município, participou dos programas rurais discutindo a importância do trabalho que vem sendo feito e ao mesmo tempo para reforçar o convite para que moradores e autoridades dos diversos municípios de regiões da Paraíba e Rio Grande do Norte possam participar do dia de campo e garante que são ações dentro deste semestre que reforçam o conjunto das ações a serem implementadas no segundo semestre deste ano 2018. “Para o segundo semestre, a proposta é a gente fazer agora bem feito o curso sobre o Negócio Certo Rural onde estamos com uma nova turma, então ele vem para agregar-se a todo esse conjunto de ações para que os agricultores e agricultoras possam planejar melhor suas propriedades, deveremos intensificar no segundo semestre algumas obras estruturantes, através da secretaria, como aprofundamento de barreiros, limpezas de barreiros, construção de novos barreiros e intensificar também a recuperação de estradas para que todos os agricultores e agricultoras tenham acesso tranquilo do campo pra cidade e possam trabalhar com sua produção sem prejuízos. E é a partir destas duas frentes que nós vamos atuar neste segundo semestre, procurando também dar o apoio necessário para que a Feira Agroecológica se fortaleça mais, para que mais produtoras se interessem e venham para a feira e também trabalhar uma parte importante que é a forragem, até o final do ano nós queremos cumprir a meta de pelo menos cem mil raquetes de palma implantadas no município e com essa parceria institucional firmada Ceop, IFPB, Afink, Insa com o conjunto de entidades dentro de seus interesses coletivos para que seu projeto institucional que cada entidade tem, mas tudo canalizado para o fortalecimento da agricultura familiar agroecológica”, explica Ranieri Ferreira ao dialogar com o público ouvinte do Programa Domingo Rural e Programa Esperança no Campo.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo