SR250918a

Em Boqueirão, agricultor desenvolve plantio de milho para venda da espiga e ensilagem da palha

SR250918aObjetivando desenvolver uma atividade que permita ter dinheiro de forma mais permanente, alimentar a família e fazer silagem para a alimentação do rebanho bovino é que o agricultor Paulo de Albuquerque Andrade, residente no sítio Maravilha, município de Boqueirão, está plantando milho em período de plantio alternado.

Ao dialogar com Stúdio Rural, Paulo Albuquerque explica como está desenvolvendo a estratégia de plantio da cultura naquele município caririzeiro. “A gente que cria, que vive na agricultura passa por várias escassezes de alimento quando chega esses tempos de seca, então quando a gente tem um pouquinho de água a gente tem que desenvolver uma cultura que satisfaça os animais, eu escolhi a opção do milho, é mais rápido, com 70 a 80 dias a gente já tem ração a vontade e tem a espiga também que a gente vende para o mercado”, explica Albuquerque ao iniciar entrevista no Stúdio Rural e contato com o público ouvinte Programa Domingo Rural e Programa Esperança no Campo.

Paulo informou que está desenvolvendo o plantio alternado como forma de manter o rebanho, criar as parcerias no mercado ou mesmo colocar o milho direto na ração como forma de proporcionar melhor qualidade alimentar. “A gente pra viver da agricultura tem que fazer forragem, porque a gente vê que os invernos não tem aquele inverno certo, é um mês, dois de chuva e assim mesmo pouco. Então a gente tem que se preparar pra ir fazendo uma forragem e ir mantendo o rebanho. A gente planta o milho, se estiver bom o mercado para a venda do milho tudo bem, se não, acontece às vezes até da gente moer com tudo que fica uma ração mais forte para os animais”, explica em contato com nosso público ouvinte.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo