SR131017a

Em reunião de fórum, agente do BNB evidencia final de prazo para liquidação de débito de produtores

SR131017aDurante a reunião ordinária do Fórum de Desenvolvimento Territorial Sustentável do Cariri Oriental, realizada na comunidade rural Porteiras, município de São Domingos do Cariri, o agente de desenvolvimento do Banco do Nordeste, José Vicente de Melo, fez ampla explanação sobre a importância do apoio dos agentes territoriais daquele território junto as famílias agricultoras em cada município para o processo de liquidação de débitos junto a instituição financeira até o final deste ano com oferta de descontos especiais para os devedores interessados.

Dialogando com Stúdio Rural, Vicente explicou detalhadamente a lei e as vantagens oferecidas pelo Governo Federal para o processo de liquidação e ao mesmo tempo falou sobre as vantagens que esses clientes devedores terão ao renegociar já que automaticamente se credenciam para novos empréstimos em novos projetos. “Nós aproveitamos aqui para reforçar a solicitação de parceria com as entidades e instituições que compõem o fórum territorial do Cariri Oriental pedindo a todos que nos ajudem na missão de mobilização dos agricultores familiares para que procurem regularizar as dívidas no Banco do Nordeste, nós temos um prazo muito curto estabelecido pela Lei 13.340 que vai até o final do mês de dezembro deste ano de 2017 e nós temos algo em torno de 70 dias úteis pra gente trabalhar em cima disto aí e ainda temos um estoque muito grande de clientes que ainda não foram atendidos”, explica Zé Vicente argumentando que a lei oferece condições especiais mediante período de contratação de cada agricultor cliente. “Se o agricultor contratou sua operação de crédito no Banco do Nordeste até dezembro de 2006 ele terá 95% pra liquidar seus débito no Banco do Nordeste, se ele contratou de janeiro de 2006 a dezembro de 2011 ele passa a ter um desconto de 50%”, explica aquele agente.

Dentre o conjunto das informações repassadas via entrevista, Vicente de Melo explicou que renegociar os débitos é se habilitar para a tomada de um novo crédito, além de ficar livre para acessar os programas sociais governamentais, para a aquisição de aposentadoria junto a Previdência Social e lembrou que em breve essas contas terão complicadores já que essas responsabilidades serão transferidas para a Dívida Ativa da União onde o agricultor terá que resolver junto à Receita Federal sem os benefícios da Lei 13.340.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo