Nossos Prêmios

Stúdio Rural recebe Prêmio BNB 2007 tratando ações integradas na agricultura familiar

img_logo2

BNB2Na última segunda-feira(19/05) o Banco do Nordeste entregou os certificados aos ganhadores da edição 2007 do BNB de Jornalismo evidenciando desenvolvimento regional.

Do evento festivo participaram diversas lideranças regionais a exemplo do técnico agropecuário e caprinocultor paraibano, José Roberto Bezerra Neves; deputado estadual(PT-PB), Rodrigo Soares; delegado federal do desenvolvimento agrário na Paraíba, Marenilson Batista da Silva; gerente da Embrapa Transferência de Tecnologias, Heleno Alves de Freitas; assessor do deputado federal Luiz Couto(PT-PB), Ricardo Brindeiro; superintendente do BNB, Francisco Carlos Cavalcanti (Chicão); representações de órgãos de imprensa dentre outros.

Na categoria Cidade com menos de 100 mil habitantes, o jornalista, radialista e comunicador rural, produtor e apresentador do Programa Domingo Rural, Antônio Tavares da Silva Filho(foto direita), da Rádio Serrana de Araruna e emissoras afiliadas, recebeu o Prêmio e reconhecimento com o trabalho “Barragens subterrâneas e ações integradas mudam panorama e qualidade de vida de famílias no semi-árido”.

Stúdio Rural compareceu ao local e conversou com o jornalista Henrique Elias Cabral França. Ele disse ser um momento de muita emoção receber o reconhecimento pelo trabalho desenvolvido por ele e apreciado pela comissão julgadora. “É uma alegria que a gente não tem nem como descrever, é um reconhecimento que fica muito presente na gente”, disse França.

Ao ser entrevistada pela equipe Stúdio Rural a jornalista da Rede CBN, ganhadora da categoria Mídia Eletrônica Rádio, Edileide Villaça, disse ser seu primeiro trabalho reconhecido na modalidade e que é algo de fundamental importância para ela que disse usar o rádio como um instrumento educativo. “Eu fico feliz com o Prêmio e isso aumenta mais minha responsabilidade”, disse.

Já a ganhadora da modalidade Mídia Eletrônica TV da TV Tambaú, Sílvia Torres, falou sobre o trabalho apresentado por ela tratando uma experiência com artesanato na comunidade Tabuado no município de Boqueirão, sistema de produção e comercialização gerador de emprego e renda para famílias naquela comunidade.

Para o superintendente do BNB, Francisco Carlos Cavalcanti (Chicão), o certame é uma forma de reconhecer o excelente trabalho que a imprensa nordestina, em especial, paraibana, tem feito ao longo dos anos. “A solenidade também é o momento de agradecermos aos jornalistas e veículos de comunicação todo apoio que nos é dado e de ratificarmos a parceria BNB x imprensa”.

Para o delegado federal do desenvolvimento agrário na Paraíba, Marenilsom Batista da Silva, o BNB está de parabéns pela iniciativa que leva ao conhecimento das pessoas as ações desenvolvidas por profissionais que estão no dia a dia da economia do Estado e ao mesmo tempo parabenizou aos participantes premiados, citando como exemplo o jornalista Antônio Tavares, ganhador da premiação quando falou sobre ações integradas em propriedades de agricultores familiares em comunidades paraibanas e pernambucanas. “Também quero parabenizar as pessoas que foram premiadas a exemplo do jornalista que estamos dialogando neste momento, Antônio Tavares, premiado e, premiado com uma reportagem que traz importante construção para a cidadania, ‘barragens subterrâneas’ não como uma tecnologia em si, mas todo o processo de desenvolvimento que nós temos no semi-árido é um complemento e que o forte disso tudo são as pessoas que vivem no semi-árido e neste sentido o BNB está de parabéns” justifica Batista.

Já o deputado estadual Rodrigo Soares saudou todos os ganhadores dizendo que são participações que engrandecem a Paraíba e que ações desta natureza fazem com que o nome do Estado se amplie junto aos outros estados da federação num contexto de um Brasil Rural forte. “Quero parabenizar a você e a todos que fazem este programa de um Brasil Rural e enfim que a gente possa avançar nesse processo e nós estaremos sempre também a disposição na trincheira da Assembléia, vocês na trincheira da comunicação pra que esse país cada vez mais melhore, parabéns a você e parabéns a todas as afiliadas, aos seus ouvintes, àqueles que participam, que ligam e que são os motivos das suas matérias porque com certeza foram eles que deram esse prêmio a você e o estímulo para que você continue trabalhando”, arremata Soares.

Ao dialogar coma equipe Stúdio Rural, o gerente da Embrapa Transferência de Tecnologias, escritório de Campina Grande, Heleno Alves de Freitas, disse que para os que fazem a Embrapa Campina Grande que é parceira do Banco do Nordeste e de todos os seguimentos que receberam o prêmio é algo muito significante, mostrando que os jornalistas têm a função de levar o conhecimento á toda a sociedade, comentando que os temas tratam sempre de alguma tecnologia que está ligada as tecnologias desenvolvidas pela pesquisa da Embrapa.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

 

 

Domingo Rural ganha Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo 2004

img_apres

O Programa Domingo Rural ganhou o Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo 2004. A divulgação dos resultados aconteceu no dia 29 de abril de 2005, ao vivo diretamente da superintendência do BNB em Fortaleza e foi transmitida em sistema de videoconferência, a partir de Fortaleza (CE), para os auditórios do Banco do Nordeste nas demais capitais do Nordeste e em Montes Claros (MG).
A cerimônia de entrega dos prêmios e certificados, em Fortaleza, contou com a presença do presidente do BNB, Roberto Smith, do então Ministro do Desenvolvimento Agrário Miguel Rosseto, governador do Ceará Lúcio Alcântara e diversas outras autoridades.
Na quinta-feira(29) o produtor e apresentador do Programa Domingo Rural, Antônio Tavares da Silva Filho, participou do evento através da agência do BNB em João Pessoa e teve seu nome divulgado na modalidade Mídia Eletrônica(Rádio). “Coloquei através do Domingo Rural, para apreciação da comissão julgadora em fortaleza, o trabalho intitulado ‘Mamona tem potencial para produzir 4,5 milhões de hectares e poderá gerar 1 milhão de empregos no Semi-árido nordestino’, evidenciando a importância da mamona e do biodiesel enquanto gerador de emprego e renda para o desenvolvimento da região e o trabalho sobre o beneficiamento do Umbu na região semi-árida com o título ‘Cultura do Umbu tem potencial para geração de alimentos na Agricultura Familiar do Semi-árido brasileiro’, tendo aprovação dos dois trabalhos por igual pontuação e de forma unânime por parte de todos os mesários.
O BNB premiou os melhores trabalhos jornalísticos veiculados em TV, Rádio, Jornal, Revista e Fotografia, que enfocaram o tema “Agricultura Familiar: Produzindo mais para alimentar o Nordeste”, e a Rádio Serrana apresentou temáticas importantes na modalidade Rádio/TV(mídia eletrônica).
“ Uma homenagem ao Jornalista cujo trabalho tem como resultado direto a promoção da cidadania e a ampliação dos níveis de participação na definição dos rumos por onde devem caminhar o Brasil e a vida dos brasileiros”, essas são colocações impressas no certificado que o Banco do Nordeste entregou ao comunicador na solenidade de entrega. A premiação em dinheiro foi de R$ 2.000,00. Informações contidas no www.bnb.gov.br

A21A51XXC5QA64B_limpaA21A51XXC5QA65B_limpa

Voltar para o topo