SR070618a

Patos realiza Feira da Economia Solidária valorizando práticas sustentáveis na economia local

SR070618aA UEPB, Universidade Estadual da Paraíba, órgão do governo do estado, através do Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas (CCEA), em parceria com o Fórum Estadual de Economia Solidária e Ação Social Diocesana de Patos, promove na próxima quarta-feira, dia 13 de junho, a Feira da Economia Solidária.

O evento tem como tema ‘Compartilhando as Trilhas do Bem Viver’ e acontecerá no Campus VII, na cidade de Patos, com início previsto para às

8:00 horas indo até às 20:00 horas. “Essa Feira da Economia Solidária que a UEPB, Universidade Estadual da Paraíba está organizando aqui em Patos é organizada a partir do curso de administração, a partir de professores que estão pesquisando nessa área da economia solidária a exemplo do professor Cidoval Morais que é professor no Campus aqui de Patos como também aí em Campina Grande a partir de uma disciplina que ele ministra no curso de administração e de um grupo de pesquisas existente aqui na universidade então se motivou à criar essa feira de economia solidária”, explica um dos coordenadores do Programa de Promoção e Ação Comunitária em Patos(Propac), Irenaldo Pereira de Araújo, ao dialogar com nossa equipe Stúdio Rural.

Irenaldo detalhou o conjunto dos trabalhos que são desenvolvidos por entidades diversas do campo e da cidade nas diversas cidades do interior do Médio Sertão paraibano e garante que o fruto do trabalho dessas entidades estará sendo mostrado e construindo elo entre os setores do ensino, da pesquisa, da extensão e do urbano e rural paraibanos. “É interessante porque é o momento em que a Universidade se abre para esses espaços que existem aqui na região e também as experiências da economia solidária aqui do Médio Sertão da Paraíba que também chegam juntas a universidade e aí neste dia 13 de junho a gente vai contar com um evento que se organiza da seguinte forma: nós vamos ter um fórum onde vai ter no auditório um fórum de discussão sobre economia solidária, a relação economia solidária e bem viver, as perspectivas da economia solidária no contexto atual, é toda uma discussão que contará com a presença do magnifico Reitor da Universidade Estadual da Paraíba professor Rangel Júnior e também outros palestrantes de campina Grande e também aqui do Médio Sertão. Também vai haver um momento de exposição e experiências de economia solidária. Então a gente vai poder contar com experiências ligadas as comunidades quilombolas que vão apresentar a produção vinculada a questão do artesanato em barro a exemplo das louceiras negras do talhado de Santa Luzia, nós temos o quilombo da Pitombeira, em Várzea, que também vai apresentar sua diversidade na produção artesanal, vamos apresentar também os quilombos de Cacimbas onde tem artesanato em sisal e outras técnicas que eles trabalham lá na comunidade e contamos também com a participação de agricultores familiares como por exemplo o trabalho lá de Santana dos Garrotes que vai apresentar um pouco do arroz vermelho, o pessoal lá de Lagoa de São João trazendo a experiência da mandioca, o pessoal do CCA que é o pessoal do Centro de Capacitação do Agro comunitário que vai trazer a experiência de produtos fitoterápicos que eles realizam lá na região de Princesa Izabel, também a própria feira da agricultura familiar lá de Cacimbas que vai apresentar um pouco a sua experiência, a criação da Ação Social Diocesana tem também experiências à apresentar, o grupo de mulheres com arte em barro de Matureia também, então é uma diversidade de produtos e vamos poder estar trazendo para a quadra da UEPB essas várias experiências de economia solidária”, explica Irenaldo Pereira em exclusiva entrevista que será trabalhada no Programa Domingo Rural e Programa Esperança no Campo do final de semana.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo