SR121017aac

UFPB chega ao Território Cariri, via Fórum, com novo projeto de ações e possibilidades

SR121017aacDurante a reunião ordinária territorial do Cariri Oriental do mês outubro, realizada na última terça-feira(10), na comunidade rural Porteiras, município de São Domingos do Cariri, a Universidade Federal da Paraíba, através do professor do Departamento de Engenharia e Meio Ambiente, Leonardo Figueiredo de Meneses(foto) fez exposição de um novo projeto em andamento denominado Geoparque Cariri Paraibano.

Durante explanação, aquele educador explicou que um Geoparque são territórios bem definidos que apresentam sítios e paisagens de expressiva importância geológica e que são gerenciados sob um conceito abrangente de proteção, educação e desenvolvimento sustentável.  “A gente veio aqui mostrar um pouco do Projeto Geoparque Cariri Paraibano que está pra ser implementado oficialmente, talvez ainda esse ano, mostrar o potencial para a região nos conceitos do que seria um Geoparque, o que uma região tem como potencial para a criação um modelo desses de gestão a apresentar para um público mais amplo e diversificado sobre os benefícios da criação desse Geoparque”, explica Figueiredo em entrevista ao Stúdio Rural.

Ao dialogar com Stúdio Rural e ao fazer exposição pública no evento, ele explica que a ideia ao se criar um geoparque é a de gerar atividade econômica, como o geoturismo de forma sustentável, e ao mesmo tempo exaltar geossítios de importância científica, raridade ou beleza, valorizando ainda aspectos arqueológicos, ecológicos, históricos ou culturais destes locais. “O Geoparque não é feito só dos atrativos naturais para a visitação, ele é feito também por toda uma cadeia que sustenta o turismo que também vai dar base para o Geoparque. Então o turista não consegue ficar no território por muito tempo se ele não tem um meio de hospedagem, se não tiver um local para ele se alimentar, então o ideal é que numa hora em que o território esteja sendo visto por suas belezas, atraindo pessoas, então os moradores comecem a empreender e criar ou implementar novos negócios”, explica durante ampla entrevista que será veiculada no Programa Domingo Rural e Programa Esperança no Campo deste final de semana.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo