Agricultoras de Pararí recebem capacitação sobre como fazer geleia de frutas tradicionais e nativas

SR131118 ParariAgricultoras familiares e moradoras do setor urbano do município de Pararí, Cariri Ocidental paraibano, participaram de uma capacitação sobre como fazer geleia de frutas tradicionais e nativas da região.

A capacitação aconteceu durante a última sexta-feira, sábado e domingo (09, 10 e 11), foi uma promoção do Senar em parceria com a Associação dos Vaqueiros de Parari e Sindicato Rural de Gurjão numa ação que recebeu consultoria de conhecimentos do Sistema Faepa/Senar.

“Todos os encontros que tenho participado no Território do Cariri Ocidental sempre digo que quem costuma consumir essa fruta do umbu, essa delícia do umbu, são a criação de caprinos e ovinos, a gente não tem essa prática de guardar essa poupa pra hoje a gente estar produzindo essa geleia, então infelizmente a gente ainda tem essa cultura um pouco atrasada, uma cultura que tem seu significado na questão de mercado muito lucrativo e que a gente que é nativo da região não temos a inteligência de guardar essa polpa do umbu para hoje estar saboreando dela”, explica o representante da associação promotora do evento, José Flávio Ramos de Queiroz, em contato com Stúdio Rural.

“Pra mim é uma capacitação maravilhosa porque eu já trabalho no ramo de cozinha e, pra mim, quanto mais aprender é melhor. Eu já tenho feito alguns cursos e quanto mais tem mais eu tenho feito e esse é mais uma relíquiazinha que eu vou guardar pra mim para acrescentar no meu curriculum”, explica Maria José Rodrigues de Barros, Zeza, ao dialogar com Stúdio Rural.

“No primeiro dia a gente apresentou a questão do Senar para as alunas, na parte da manhã, e também nós começamos a ver a questão da manipulação e higiene que são primordiais para quem trabalha com a questão da alimentação, na parte da tarde a gente a gente produziu a pectina através da laranja e é essencial para que a gente possa estar produzindo geleia e começamos também na produção da geleia de goiaba”, explica o facilitador dos conhecimentos por parte do Senar, Wagner Jean Fonseca Nunes explicando o trabalho desenvolvido durante os três dias de capacitação.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top