Agricultura familiar realiza oficina de avaliação do Campo de Multiplicação de Sementes

Entidades da agricultura familiar do estado da Paraíba associadas a pesquisa, universidades, estudantes, assessores técnicos, dentre outras realizam nesta terça-feira(20/07) uma oficina de avaliação do campo de multiplicação de sementes para o processo de fortalecimento dos Bancos Comunitários de Sementes do segmento no Estado.

Segundo o representante da AS-PTA, Emanoel Dias, o evento é uma promoção das entidades do Pólo da Borborema em parceria com a Universidade da Paraíba, Campus Bananeiras, e contará com cerca de 30 agricultores do Coletivo Regional do Cariri, Seridó e Curimataú e Pólo da Borborema além de Embrapa Algodão, Embrapa Transferência de Tecnologias escritório de Campina Grande, Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário na Paraíba(MDA-PB), para que possam ir construindo acordos sobre a política de sementes no estado.

Dias informou que em continuidade as discussões da V Festa Estadual das Sementes da Paixão, estão acontecendo uma série de pesquisas com as sementes da paixão em algumas regiões da ASA Paraíba e nessa perspectiva, o movimento está construindo um segundo momento de avaliação de um campo de multiplicação de milho e fava, tema que será evidenciado terça-feira, na UFPB – Campos de Bananeiras, a partir das 09:00 horas. “Acreditamos que será uma oportunidade de continuar discutindo estratégias para implementação de uma política de sementes para o semiárido construída de forma participativa e com base nas experiências das famílias agricultoras e suas organizações”, explica Dias.

Proposta de programação
08:30 hs style=mso-tab-count: 1>               Apresentação dos participantes
09:00 hs style=mso-tab-count: 1>               Apresentação dos Objetivos da Atividade
– Resgatar quais são os principais questões que nos levaram a intensificar as pesquisas com as sementes da paixão, recuperando o debate da política de sementes para o semiárido. ASPTA style=mso-tab-count: 1>  Emanoel Dias
09:15 hs style=mso-tab-count: 1>               Socialização dos resultados do Ensaio de Comparação de Variedades em Casserengue – 2009
– Resgatar as variáveis pesquisadas e os resultados obtidos;
– Debate – Como os resultados apresentados podem fortalecer uma política de sementes para o semiárido?
– O que vamos encaminhar a partir da apresentação? style=mso-tab-count: 1>   Amaury – Embrapa
11:15 hs style=mso-tab-count: 1>               Continuidade das Pesquisas em 2010
Fazer uma síntese dos esforços investidos na região do Coletivo e Polo para implantação dos campos e ensaios em 2010.
– Situação dos Ensaios de comparação de variedades (fotos, depoimentos, croquis, variáveis estudadas) quais foram implantados e como estão atualmente;
– Situação dos Campos de Multiplicação de Variedades (fotos, depoimentos, croquis, variáveis estudadas) quais foram implantados e como estão atualmente; style=mso-spacerun: yes>  Valter – PATAC, Luciana, Julyanner e Wênia (Estagiarias)
12:00 hs style=mso-tab-count: 1>               Almoço style=mso-tab-count: 1>               
13:30 hs style=mso-tab-count: 1>               Colheita e Avaliação do Campo de multiplicação
– Situar todo processo de implantação do campo de multiplicação (variedades utilizadas, espaçamentos, avaliações, incidência de pragas e doenças, destino das sementes, continuidade do campo etc…);
– Coleta do material do campo;
– Refletir é realizada a seleção das sementes de milho nas comunidades e em seguida a importância da seleção massal;
– Seleção das espigas no Laboratório;
– Impressões dos agricultores (as); style=mso-tab-count: 1>         Prof. Felipe – UFPB
16:00 hs style=mso-tab-count: 1>               Encaminhamentos e Encerramento

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top