Deputado lamenta veto de governador sobre projeto de responsabilidade socioambiental na Paraíba

O projeto que deixaria a Paraíba como primeiro estado do país a ter uma lei sobre responsabilidade socioambiental foi vetado pelo governador do estado com veto que foi apreciado e mantido pela Assembléia Legislativa e que foi fruto de lamentação do parte do deputado Frei Anastácio, autor do projeto, dizendo ser lamentável vetar um projeto que daria responsabilidade socioambiental para as médias e grandes empresas que se instalassem em nosso estado da Paraíba.

Segundo a assessoria daquele parlamentar, Anastácio afirmou que no ano passado esse projeto foi aprovado pela Assembléia, recebeu veto do governador, retornou para o Poder Legislativo e o veto foi mantido, mas, diante da importância do projeto para a sustentabilidade do meio ambiente, o parlamentar continuará insistindo em reapresentá-lo com a expectativa de que no dia que a lei for criada a Paraíba irá ganhar muito.

Ao dialogar com Stúdio Rural, aquela assessoria explicou que o projeto de lei propõe que as empresas de médio e grandes portes apliquem um percentual do seu faturamento bruto, que varia de 2% a 3%,em obras sociais e ambientais, num raio de 10 quilômetros no seu entorno fazendo com que esses empreendimentos tenham um olhar voltado para os mais humildes e para o meio ambiente. “O parlamentar argumenta que o povo assiste os grandes e médios empreendimentos enriquecendo a cada dia, sem que a população tenha nenhum ganho. Dessa forma, chegou a hora de termos mais escolas, creches, cursos profissionalizantes, instituição de bolsas para jovens,recuperação de rios,replantio de árvores,entre outras ações”, explica.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top