Diretor OCB/PB e ministra da Agricultura discutem ações e projetos para fortalecimento do cooperativismo paraibano

“Eu avalio como um dia histórico para o cooperativismo aqui da Paraíba e porque não dizer para o Nordeste inteiro a visita da ministra Tereza Cristina e uma comitiva também muito expressiva, estava aqui junto com ela o secretário da Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, estava o presidente da Embrapa, Sebastião Barbosa, vários assessores, o secretário de Estado daqui Efraim Morais, parlamentares deputado Efraim Filho, deputado Julian Lemos, então foi muito importante para o cooperativismo porque nós tivemos a oportunidade no que foi praticamente dois dias já que foi no sábado que ela chegou aqui por João Pessoa e no domingo nós fomos à Cabaceiras e foram dois dias em que nós tivemos oportunidade de dialogar, de mostrar as demandas do cooperativismo da agricultura familiar aqui do Estado da Paraíba, não só com ela, como já frisei, mas com o secretário da Agricultura Familiar Fernando Henrique que foi muito atencioso com nossas demandas e que pôde dialogar com várias cooperativas não só da região de Cabaceiras, como também com a Copaf, de São Sebastião de Lagoa de Roca, outras cooperativas de outras regiões, então foi um momento em que a gente teve uma abertura de diálogo muito importante que certamente vai resultar em projetos para o Estado da Paraíba”, explica o presidente da OCB/PB, Organização das Cooperativas brasileiras na Paraíba, André Pacelli Bezerra Viana, em contato com nosso público ouvinte do Programa Esperança no Campo da Rádio Queimadas FM e Programa Domingo Rural da Rádio Serrana de Araruna AM 590 kHz, acrescentando que dois dias depois a ministra recebeu, em Brasília, o presidente da OCB Nacional, Márcio Lopes de Freitas que apresentou demandas do cooperativismo brasileiro, especialmente do semiárido brasileiro, momento em que Tereza Cristina fez menção a forma como foi recebida no território paraibano.

Pacelli informou que, durante o evento, diversas políticas foram discutidas com o secretário Efraim Morais exemplificando um projeto que está sendo encaminhado pelo governo do estado à Assembleia Legislativa para simplificar o processo de emissão do Selo de Inspeção Estadual. “Muitas cooperativas, muitas associações têm reclamado das dificuldades para que alguns produtos derivados do leite possam obter esse selo e agora o governo do estado está tentando estabelecer esse canal com a Assembleia para que logo a gente tenha essa facilitação desse processo de emissão do simples”, explica aquele diretor ao dialogar com nosso público ouvinte.   

Ele informou que esteve durante a semana em Brasília acompanhando a formatação da Frente Parlamentar do Cooperativismo que passa a contar com o deputado paraibano Efraim Filho e o deputado Ruy Carneiro que, conforme Pacelli, estão de forma ativa a frente desse bloco parlamentar o que significa aproximar o cooperativismo paraibano das demandas lá em Brasília e garante que as políticas de compra e venda dos produtos da agricultura familiar também tiveram em discussão. “O que foi anunciado é que o Governo Bolsonaro vai investir nesses programas sociais, houve uma garantia da ministra com relação essas questões do PAA e do PNAE”, explica.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo