Embrapa lança publicação abordando cultivar de feijão-caupi para cultivo em várzeas do Amazonas

A Embrapa possui um programa de melhoramento que visa a agricultura familiar, desenvolvida em pequenas propriedades, com uso de mão de obra familiar, principalmente nas localidades às margens dos rios de água barrenta, que permite o aproveitamento da fertilidade natural das várzeas da Amazônia.

O comentário é da assessora de comunicação da Embrapa Meio Ambiente, Cristina Tordin, justificando que visando este perfil de agricultor, a Embrapa tem buscado selecionar cultivares de feijão-caupi com ciclo precoce e porte semiereto e que um dos genótipos que mais se destacou nos ensaios realizados em áreas de várzeas do Estado do Amazonas, no período de 2006 a 2010, foi a cultivar BRS Novaera.

Ao contatar com Stúdio Rural, aquela assessora explicou que José Ricardo Pupo Gonçalves, atualmente pesquisador da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) colabora nesse projeto, que trabalha com o feijão-caupi (Vigna unguiculata), também conhecido como feijão-de-praia, feijão-de-corda ou macassar, considerado uma dos alimentos mais importantes e estratégicos para as regiões tropicais e subtropicais do mundo.

Ela explicou que a publicação BRS Novaera: cultivar de feijão-caupi para cultivo em várzeas do Amazonas traz informações sobre a origem, locais de avaliação, produtividade e potencial de mercado, características fenológicas e agronômicas e recomendações para cultivo e que interessados podem acessar em http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/932076/1/CT513.pdf

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top