Embrapa promove curso sobre produção e comércio de sementes na PB

A gestão da produção e do comércio de sementes é o tema do curso destinado a agricultores familiares que a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, realiza nos dias 12 e 13 de maio, em Lagoa Seca (PB).

A informação é da assessora da Embrapa Transferência de Tecnologias, Valéria Costa, justificando que o objetivo é oferecer ao segmento a oportunidade de acesso a inovações tecnológicas geradas pela pesquisa e contribuir para o aumento da competitividade e da sustentabilidade da agricultura familiar na região Nordeste. style=mso-spacerun: yes>  “A experiência de produção de sementes pela agricultura familiar no Ceará -onde a Embrapa atua há três anos – será apresentada pelo coordenador de Produção e Comércio de Sementes e Mudas da Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Governo do Estado, Marcus Vinícius Assunção, que destacará os avanços conquistados”, relata Costa, lembrando que a programação inclui palestras e visitas a campos de multiplicação de sementes e a unidade de beneficiamento.

Ela acrescentou que a escolha de áreas para implantação de unidades de produção, a legislação e técnicas de produção e beneficiamento de sementes, assim como detalhes sobre as formas de funcionamento do mercado e comercialização de sementes estão entre os temas a serem abordados pelos palestrantes.

Outra informação repassada por aquela assessora dá conta que o curso é coordenado pela Embrapa Transferência de Tecnologia (Brasília/DF), em parceria com a Embrapa Algodão (Campina Grande/PB) e que a iniciativa tem o apoio da empresa estadual de Pesquisa Agropecuária (Emepa-PB) e de Extensão Rural e Assistência Técnica (Emater-PB), e está sendo desenvolvida com recursos do Programa de Fortalecimento e Crescimento da Embrapa (PAC Embrapa).

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top