Faepa anuncia criação de mais uma unidade de recebimento de embalagens de defensivos

A Paraíba deve ganhar mais uma unidade de recebimento de embalagens de defensivos agrícolas vazias, o anúncio foi feito pela assessoria do sistema Faepa/senar e foi tema do Programa Domingo Rural deste domingo(10/11) justificando que em razão da existência de apenas um ponto de recolhimento das embalagens em todo estado, Faepa luta para implantação de pelo menos mais dois pontos, sendo um em Sousa e outro e Campina Grande.

Aquela assessoria explicou que para o presidente do Sistema Faepa/Senar, Mario Borba(foto), essa é uma iniciativa dos Sindicatos de Produtores Rurais do estado e conta com o apoio da Faepa e do Senar por que o setor agropecuário tem interesse em crescer preservando o meio ambiente e garante “a partir do momento que há essa preocupação com a destinação das embalagens usadas, fica claro que há um sentimento de preservação da natureza como gratidão pelo o que ela oferece. Só este ano, o Senar promoveu 27 treinamentos sobre prevenção de acidentes com agrotóxicos e, dentro disso, ensinamos a forma correta de descarte das embalagens”.

Ao dialogar com nossa equipe, aquela assessoria explicou que o presidente do Sindicato Rural de Sousa, Tiburtino Cartaxo, vem articulando, com o apoio do Sistema FAEPA/SENAR-PB, a implementação de mais um ponto de recolhimento de embalagens de agrotóxicos no estado e que é da opinião de que o apoio da FAEPA, a categoria uniu forças a ARPAN (Associação de Recolhimento de Embalagens do Nordeste), para desenvolver essa ideia fazendo com que o projeto saia do papel muito em breve e assim, Sousa terá o segundo ponto de recolhimento dessas embalagens no estado e através dos treinamentos que o SENAR-PB vem oferecendo. “Os produtores rurais de Campina Grande também estão buscando viabilizar a implantação de uma unidade de recolhimento das embalagens de defensivos, através do Sindicato dos Produtores Rurais”, explica acrescentando que, segundo o presidente do Sindicato, João de Deus Rodrigues, o projeto já manteve contato com uma empresa nacional de recolhimento das embalagens que recolhe tudo para reciclagem.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top