Guarabira sedia intercâmbio internacional de experiências em Orçamentos Públicos

A cidade de Guarabira está sediando durante esta quinta, sexta-feira e sábado(08, 09 e 10 de maio), numa promoção do Sedup, Serviço de Educação Popular em parceria, o primeiro Intercâmbio Internacional de experiências de participação de incidência em orçamentos públicos, evento que acontece no Espaço Glamour, situada à Rua Prefeito Augusto de Almeida, s/n, bairro Novo, naquela cidade.

Segundo informações de um dos coordenadores daquela ONG, Luciel Araújo Oliveira, o evento representa um espaço para reflexão, debate e união de esforços com o objetivo de promover o intercâmbio de experiências de participação e controle social da gestão pública, existentes em Honduras e Bélgica, entre as organizações não governamentais brasileiras da Paraíba e da Bahia, no que tange a formação e mobilização de cidadãos para fiscalização da aplicação dos recursos, além das experiências de orçamento com participação da população de iniciativa da gestão pública municipal em Guarabira, João Pessoa e do Estado da Paraíba.

Ao dialogar com Stúdio Rural, aquela liderança explicou ser espaço a discutir, através de mesa temática, como o contexto histórico do orçamento público e como a participação cidadã contribuiu no monitoramento, avaliação e aperfeiçoamento das políticas públicas dos municípios.

Luciel explicou que Fanny Thirifays é representante da Associação Periferia da Bélgica, uma das participantes do evento e disse que a intenção dele no intercâmbio é descobrir outras formas e dimensões do trabalho sobre a questão dos orçamentos e aprofundar o estudo sobre as relações dos gestores políticos com as questões e as práticas participativas na América Latina já que, no ambiente, diversas novidades estão sendo trabalhadas a exemplo do lançamento da cartilha “De olho nas contas e políticas públicas – Experiências no Nordeste do Brasil” apoiada pela Misereor, entidade alemã da cooperação internacional, entidade apoiadora do evento.

Aquele assessor falou de experiências e práticas exitosas exemplificando o processo de Articulação em Políticas Públicas (APP)que vem sendo desenvolvido no Estado da Bahia desde 2001 por movimentos sociais e entidades populares que trabalham com e buscam incidir nas políticas públicas e as ações trabalhadas pelo Centrac, localizada em Campina Grande–PB, tida como uma organização não governamental dedicada ao trabalho de formação/educação para cidadania, com ênfase nas políticas e recursos públicos, junto à sociedade civil organizada ou não que esteja empenhada na consolidação da democracia com justiça social.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top