João Pessoa sedia Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional durante dois dias nesta semana

A cidade de João Pessoa será sede da 6ª Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional da Paraíba, evento que acontece na próxima quinta-feira e sexta-feira, 26 e 27 de outubro, no Auditório da UNINASSAU, Avenida Epitácio Pessoa, 1213, Bairro dos Estados, João Pessoa, e traz o lema “Erradicar a fome e garantir direitos com Comida de Verdade, Democracia e Equidade”.

Conforme a assessoria do CONSEA e CAISAN, coordenadores da Conferência e dos trabalhos, as etapas municipais e regionais mobilizaram aproximadamente 300 participantes, em seis Conferências Regionais, com o objetivo de fortalecer a Democracia, a erradicação da fome com comida de verdade, o Direito Humano à Alimentação Adequada, sistemas alimentares justos, antirracistas, antipatriarcais, sustentáveis, promotores de saúde e da Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional. “Campina Grande já vez fazendo todo um trabalho de base e isso está se consolidando em todo o Regional, nós estivemos com um maior número de pessoas representativo no evento regional, algo que sai do clamor da sociedade que abraça junto conosco, e temos um coletivo de delegados, tanto do poder público quanto da sociedade civil, numa dinâmica bem representativa e creio que exerceremos um papel importante a nível de estado buscando refletir em políticas públicas também para o nosso município”, explica o coordenador de Segurança Alimentar da Semas, Secretaria de Assistência Social de Campina Grande, Rommel dos Santos Siqueira Gomes.

Ao dialogar com Stúdio Rural, Rommel explicou que Campina Grande por ser uma cidade núcleo regional apresenta problemas que requerem ações intensificadas e o prefeito Bruno Cunha Lima vem intensificando ações que pensem o fortalecimento das políticas destinadas as pessoas em situação de vulnerabilidade com ênfase na segurança alimentar e preparação para a inclusão nos mercados de trabalho. “Nós já temos ações de trabalho base, principalmente na área da Ação Social, na questão da Agricultura, na questão também da educação e também na área da saúde”, acentua Rommel. “O prefeito Bruno tem apontado que vai direcionar essa temática e isso faz com que esse direcionamento seja mais forte porque nós temos uma população no urbano e no rural que carece e pede esse direito básico que é a condição do alimento, porque sem esse alimento não se consegue estudar, não se consegue trabalhar, não se consegue nem mesmo as novas oportunidades empreendedoras e isso se reflete nessa necessidade”, reforça aquele coordenador apontando o Restaurante Popular e ações integradas que fortalecem a agricultura camponesa e até mesmo ações com hortas comunitárias.

A 6ª Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional da Paraíba terá início às 8h, com mesa de abertura, palestra Magna, leitura e aprovação do Regimento e terá sequência com discussões em torno dos Eixos Temáticos, aprovação das propostas e escolha dos delegados e delegadas para a Conferência Nacional que será realizada de 11 a 14 de dezembro em Brasília, capital federal.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top