Juazeirinho sedia encontro sobre potencial da Palma forrageira

Tem início nesta sexta-feira(02/12) com término para o próximo domingo(04/12) o 2º PALMAFEST e o 1º PALMATEC que acontecerá no centro da cidade de Juazeirinho r objetiva difundir as mais modernas tecnologias de manejo e cultivo da palma e divulgar todo o potencial da cactácea que é vista como o ouro verde do semiárido.

A informação é da assessora de comunicação social do sistema Faepa/Senar, Juliana Rossignoli, justificando que a programação técnica, que acontece no Parque Tecnológico da Palma, envolve a realização de palestras e oficinas, além de visita técnica aos campos de diferentes espécies de palma preparados especialmente para o evento. “Palestrantes renomados da Paraíba e Pernambuco ministrarão as palestras, na tenda principal, sobre a utilização da palma na alimentação do rebanho leiteiro, controle de desertificação, métodos de colheita de palma e controle da Cochonilha do Carmim”, explica Rossignoli ao dialogar com Stúdio Rural.

Aquela assessora informou ainda que o evento também conta com os espaços SENAR, SESI, SEBRAE e EMATER, onde acontecerão diversas oficinas e cursos práticos com assuntos abordados pelo Sistema FAEPA/SENAR-PB que serão culinária à base de palma, produção de palma adensada e apicultura além do lançamento do livro “Palma, o Ouro Verde do Semiárido”, nesta sexta-feira(02/12), durante a cerimônia de abertura do evento.

A pecuária estará em foco já que acontecerá um torneio leiteiro, praça de alimentação onde serão comercializados produtos à base de palma e apresentações de instituições parcerias como o Banco do Nordeste e o Sindileite e também contará com shows e apresentações culturais, além de uma mostra de cinema nacional.

Aquela assessora disse que o município de Juazeirinho já se autodenomina “Capital da Palma”, e pretende com a realização do Palmafest e Palmatec, estimular a identificação da comunidade local com a palma, incentivando o surgimento de atividades como gastronomia, artesanato, produção de cosméticos e turismo rural, que gerem renda, trabalho e desenvolvimento para a população. “Algumas iniciativas que surgiram a partir evento de 2010 como a produção de trufas recheadas com palma, sorvetes e cosméticos poderão ser conhecidos durante o evento”, explica lembrando que a abertura oficial do evento acontece nesta sexta-feira(02 de dezembro) às 17h00, no Parque Tecnológico da Palma (Palmatec), em Juazeirinho.

Juliana também informou que o Sistema FAEPA/SENAR-PB vem, desde 2006, incentivando a cultura da palma no estado, por meio da realização de eventos, incentivo a pesquisas e capacitação dos produtores rurais, por meio do Projeto Palma para o Semiárido e que além da disseminação das novas tecnologias e utilização da palma, as ações vêm promovendo o aumento da produtividade e geração de renda para os produtores rurais.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Universo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top