Laboratório prevê trimestre com chuvas abaixo da média para o Sertão pernambucano

O Semiárido pernambucano poderá ser marcado por um baixo índice de chuvas no próximo trimestre (fevereiro/março/abril), segundo informações do Laboratório de Meteorologia de Pernambuco (Lamepe) e repassadas pelo assessor Robério Coutinho dando contas de que a previsão é de chuvas 45% abaixo da média, 35% normal e 20% acima.

Em informações repassadas ao Domingo Rural aquele assessor informou que, segundo a coordenadora do Lamepe, Francis Lacerda, a previsão é de que os totais pluviométricos fiquem abaixo da média histórica, conforme demonstra a maioria dos modelos atmosféricos do CPTEC/INPE, NASA, FUNCEME, INMET, NCEP e COLA. “Francis conta que o prognóstico está associado às altas temperaturas da superfície do Oceano Pacífico equatorial, caracterizando um El Niño moderado, o qual pode condicionar chuvas abaixo da média”, relata Coutinho, justificando que Francis comentou que as temperaturas do Pacífico estão elevadas em até 2ºC graus acima da média e a tendência é que esse fenômeno continue até abril e destaca possibilidades de ocorrer chuvas de moderadas a fortes em todo o Estado, devido à ação dos Sistemas Transientes, que podem ser intensificados em anos de El Niño, a exemplo de Vórtices Ciclônicos e das frentes frias.

Robério informou que na Zona da Mata e Litoral de Pernambuco os maiores totais pluviométricos foram observados em Belém de Maria (146,0mm), São Benedito do Sul (118,0mm) e Maraial (111,0mm) com desvios relativos superiores a 130%.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top