Município de Queimadas é contemplado com Plataforma agrometeorológica via Ministério da Ciência e Tecnologia

SR300915aA cidade de Queimadas, Agreste paraibano, está contemplada com a instalação de uma plataforma agrometeorológica, que tem como meta e função registrar importantes informações sobre meio ambiente, pluviometria, estiagens e umidade de solo auxiliando a agricultura e a pecuária de toda a região.

O equipamento está instalado na comunidade Maracajá, na propriedade do agricultor Gilmar Aragão, e é um financiamento do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) e executada pela Emater, em parceria com a Agência Executiva da Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa).

José Sales Alves Wanderley Júnior é coordenador da Emater Paraíba, Regional Campina Grande e garante que, dentre as muitas utilidades, a plataforma também vai contribuir com ações preventivas para minimizar os impactos adversos de colapsos de safras da agricultura familiar o que influenciará nas decisões do crédito e da extensão junto ao produtor rural. “Essa plataforma de coletas de dados agrometeorológicos é uma iniciativa do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) que é ligado ao Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação numa parceria com o Governo do Estado, através da Gestão Unificada que é composta pela Emepa, Interpa e Emater na perspectiva de trazermos a tecnologia enquanto subsídio para a agricultura familiar com a intensão de fomentar os mais diversos programas de políticas públicas que estejam ligados a agricultura e que dependam destes dados agrometeorológicos”, explica dizendo que foram instalados 42 equipamentos do gênero divididos entre simples e mais complexos que fazem leituras e informações acerca do ar a exemplo de chuvas, temperaturas, ventos, radiações solares e relativas ao solo como temperatura do solo em quatro profundidades como também a umidade do solo.

Gilmar Aragão é agricultor proprietário da unidade rural onde está instalado a plataforma, diz que a prefeitura de Queimadas faz parte da parceria e ao dialogar com o público ouvinte das emissoras parceiras detalha a importância da nova tecnologia. “Essa tecnologia representa um ganho enorme, é uma tecnologia que vai ajudar a agricultura, vai ajudar a Secretaria de Agricultura a ter as informações necessárias até para elaborar os projetos e melhorar a vida do agricultor”, explica argumentando ser tecnologia de ampla eficiência e que os dados coletados serão transmitidos em tempo real, via satélite, para o sistema do Cemaden e toda população terá acesso às informações.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top