Rurais de Queimadas participarão ativamente nas eleições municipais 2016 como forma de melhor políticas públicas locais

SR121115aComo forma de interferir positivamente na construção das políticas públicas no meio rural e urbano de Queimadas, a direção do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, sintonizada com o público camponês, em especial através das assembleias e reuniões ordinárias e extraordinárias, vem discutindo a importância das lideranças do movimento trabalhar a inclusão dessas representações nas discussões dentro das eleições 2016 que escolherão representantes para a Câmara Municipal e para a Prefeitura Municipal de Queimadas e por entender o papel que esse segmento vem exercendo na construção das políticas de desenvolvimento do município e o quanto poderão replicar essas ações e políticas através da construção, votação e execução de projetos via poderes legislativos e executivo municipal.

Em consequência do permanente trabalho desenvolvido pelo sindicato, junto as comunidades e associações de agricultores e agricultoras, importantes nomes já aparecem como potenciais para preencher vaga na Câmara Municipal de Queimadas a exemplo da vice-presidente Angineide Pereira de Macedo e da secretária Ana Paula Cândido, nomes incluídos em sua vida política partidária preenchendo requisitos para atender a demanda. “Temos a convicção de que as mudanças na vida material das pessoas passam pela política, estamos construindo mudanças significativas na vida das pessoas, das comunidades e do meio ambiente de nosso município quando discutimos carências, construímos projetos, reivindicamos políticas e executamos trabalhos nestas parcerias, mas não basta porque se não tivermos agentes com conhecimentos, determinação e vontade política nas instâncias da Câmara Municipal não teremos proporcional progresso porque essa inércia por si só é um entrave. Então nossa categoria se mobilizará e disputará esse espaço buscando democratizar esse ambiente levando-o ao meio das comunidades através de suas organizações sociais”, explica a vice-presidente daquele sindicato, Angineide Pereira de Macedo.

Stúdio Rural, via Programa Domingo Rural e Programa Esperança no Campo, entrevistou recentemente Angineide Pereira de Macedo e, nos programas Esperança no Campo e Domingo Rural do dia 31 de outubro e 01 de novembro, entrevistou a secretária Ana Paula Cândido evidenciando a importância da política sindical e as possibilidades de avançar para a ampliação das ações e construção da política via legislativo queimadense e ela afirma ser consenso na categoria a importância de ocupar os espaços políticos como alternativa para os avanços sociais com inclusão produtiva e a justiça social e vê 2016 como ano de importância. “Nossa categoria já vem costurando essa ideia como reflexo de uma luta dentro do sindicato que não é de hoje onde temos um forte movimento político que não é da politicagem e acreditamos na implementação e construção de um movimento bonito, que seja feito com credibilidade, que venha trazer autonomia e abertura pra que se tenha discussão em relação a política e há conversas e propostas para que em 2016 possamos construir a verdadeira representação dos trabalhadores rurais na câmara, pois entendemos que os rurais precisam desse espaço em sintonia com a política do município como um todo, com construção de propostas concretas para que as transformações venham realmente acontecer”, explica a secretária daquele sindicato, Ana Paula Cândido da Silva, garantindo que a categoria tem a convicção de que nesta nova legislatura as políticas e projetos não serão apenas construídas para o povo, mas com o povo e para o povo.  “Acho que quando o povo participa, que o povo deve estar lá na discussão dizendo o que deseja, a participação é fundamental, acho que com participação tudo vai melhorar e isso é fundamental para que se chegue a outras instâncias. Se você discute, se você mostra o que está acontecendo com a população e as pessoas têm por obrigação de saber as coisas que estão acontecendo, o por onde começar ou o que estar acontecendo, então acho que isso é fundamental”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top