Semente e chuvas chegam por igual em cidades do Cariri paraibano

Um fato animou as famílias de agricultores de diversas cidades do Cariri paraibano, a chegada das chuvas e a entrega das sementes de milho e feijão proporcionadas pelo governo federal e que são destinadas a famílias de agricultores familiares que fazem parte do Programa Garantia Safra, também do governo federal.

Neste final de semana diversas cidades do Cariri já estão compartilhando com os agricultores familiares a alegria da chegada das chuvas e, ao mesmo tempo, fazendo a entrega de 10 quilos de milho e 3,5 quilos de feijão macacar(feijão Calpi), a exemplo das cidades de Taperoá e Soledade que durante esse final de semana desenvolveram a entrega das sementes e puderam assistir as famílias de agricultores colocarem sementes na terra.

Neste sábado(01), a equipe Stúdio Rural acompanhou a entrega das sementes aos agricultores da cidade de Taperoá que teve contemplado 722 famílias que, juntas, receberam 7.220 quilos de milho da Embrapa e 2.527 quilos de feijão.

Stúdio Rural entrevistou agricultores familiares do município contemplados no Programa, secretário da agricultura do município João Bosco Vilar, prefeito Deoclécio Moura Filho, gerente da Embrapa Transferência de tecnologias, Heleno Alves de Freitas e a técnica articuladora do Território do Cariri, Maria José Jovem, que falaram sobre a importância do programa das sementes integradas a outras políticas públicas voltadas para a vida camponesa.

Para o prefeito Deoclécio Moura, a distribuição de sementes no município de Taperoá e dos municípios do Cariri tem papel fundamental para desenvolver um novo modelo de agricultura já que as famílias são vítimas de décadas sem uma política pública voltada para a pequena agricultura e que a semente, além de dar condições para que os agricultores possam plantar, cria as condições para que essas famílias participem do Garantia Safra.

Ao serem entrevistados pelo Stúdio Rural, a agricultora Albertina Marques da Silva Araújo, residente no Sítio Jundiá; o agricultor Antônio Fernandes da Sílvio, residente no Sítio Varzea do Meio e o agricultor José Marcelino da Silva, disseram ser um programa que facilita a vida do agricultor, que a semente chegou numa boa hora e que programas dessa natureza têm que ser implementados pelos governos.

Outro entrevistado, secretário da agricultura do município, João Bosco Vilar, falou sobre a expectativa que a semente criou no meio dos agricultores que no ano passado receberam e plantaram, fazendo com que o município fosse um dos mais expressivos produtores da safra de milho na safra 2007 e que neste ano esperam repetir o feito. “Nós lucramos no ano passado, dentro do Cariri paraibano acho que é o município que lucra mais milho é Taperoá, ele é imbatível, quer dizer, feijão nós temos Juazeirinho devido as terras que são arenosas, cada município tem suas características. Com a ajuda do governo federal, dos governos municipais e a ajuda do povo e ajuda de Deus isso aí é muito claro que nós vamos ter sucesso”, relata Bosco Vilar.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top