Simpósio do Abacaxi vai reunir 21 países na Paraíba

Numa promoção do Governo do Estado, através da SEDAP – Secretaria da Agropecuária e da Pesca, com apoio da EMBRAPA – Centro de Fruticultura, que tem sede em Cruz das Almas (BA), será realizado entre 18 a 23 de novembro o VI Simpósio Internacional do Abacaxi.Segundo a assessora de comunicação da SEDAP, Angélica Nunes, o evento, que acontecerá no Hotel Tambaú, na capital, já tem confirmada a presença de 21 países, entre fruticultores e empresas no ramo de alimentos, agrotóxicos, adubos e mecanização agrícola, além de brasileiros, o Simpósio já recebeu inscrições de representantes da Costa Rica, México, Estados Unidos, Filipinas, Índia, Cuba, Malásia, Egito, Peru, África do Sul, Nigéria, Colômbia, França, Guatemala, Irã, Trinidad e Tobago, Equador, Tailândia, Itália e Honduras.Ao contatar com nossa quepe Stúdio Rural, Nunes informou que o Secretário Francisco Quintans disse que o VI Simpósio Internacional do Abacaxi, tem como principal objetivo promover o abacaxi da Paraíba, para que o estado volte exportar o produto, acrescentando que a Paraíba que já ocupou o 1° lugar entre os estados brasileiros como produtor de abacaxi e de caiu para a 4ª posição. “Com os incentivos do governo Cássio Cunha Lima, pela isenção do ICMS e a negociação através da Bolsa de Mercadorias a cultura voltou a ter uma certa estabilidade e a Paraíba desponta novamente como o primeiro produtor brasileiro”, afirma Angélica Nunes.Ela informou, ainda, que o Secretário Executivo da Agricultura, José Inácio, em companhia do Assessor Técnico Hélio Fernandes, esteve recentemente em Fortaleza numa reunião com dirigentes do Banco do Nordeste, definindo a participação da instituição como parceira do Simpósio, lembrando que também está confirmado o apoio do Ministério da Agricultura, SEBRAE e Faepa, além de outros parceiros e que até o momento, a representação brasileira está formada por 69 participantes, de 13 estados: Paraíba, Espírito Santo, Bahia, São Paulo, Minas Gerais, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Alagoas, Pará, Rio Grande do Norte, Acre e Rio de Janeiro.Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top