Sindicato de Queimadas participa de Encontro Nacional de Mulheres dos Territórios da Cidadania em Brasília

O Ministério do Desenvolvimento Agrário, por meio da Diretoria de Políticas para Mulheres Rurais (DPMR) em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Territorial (SDT/MDA) e a Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República (SPM-PR) realizarão o II Encontro Nacional dos Comitês de Mulheres dos Territórios da Cidadania.

O encontro acontecerá nos próximos dias 24, 25 e 26 deste mês, no Centro de Convenções Israel Pinheiro, em Brasília-DF e contará com a participação da vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Queimadas enquanto componente do Polo Sindical no Território da Cidadania Borborema, Angineide Pereira de Macedo(foto) que, ao dialogar com Stúdio Rural, falou sobre a importância de sua participação enquanto componente do Polo e do Comitê Ana Alice de Combate a Violência contra a Mulher do STR de Queimadas e garante que levará importantes experiência trabalhadas com políticas pública para as mulheres no município e nos municípios do Polo da Borborema. “Eu espero que a partir deste segundo encontro a gente traga bons resultados, então estou indo a Brasília na próxima semana, mas não é só esse encontro, a gente teve a marcha, tivemos diversos eventos, a gente já teve conquistas das marchas realizadas, depois das marchas tivemos outros encontros que participamos também e estamos aí para o debate de políticas para as mulheres, no debate contra a violência contra as mulheres e queremos unir as forças para que flua sempre mais efeitos”, explica Angineide ao dialogar com nossa equipe Stúdio Rural.

O encontro tem como objetivo estimular a auto-organização das mulheres nos territórios; motivar e fortalecer os Comitês de Mulheres e as Organizações de Mulheres para participação nos Colegiados e instâncias Territoriais visando o acesso das mulheres às políticas públicas; estimular e qualificar a participação das mulheres e suas organizações no processo de implantação e gestão dos Planos Territoriais de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, em consonância com o Plano Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável; aprofundar uma estratégia de participação das mulheres na implementação de programas e políticas nos territórios com ênfase: Programa de Organização Produtiva de Mulheres Rurais (POPMR); Programa de Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR); Gestão do Plano Safra Territorial e; Ações de Enfrentamento a Violência.

Segundo os organizadores, o encontro compõe a agenda de atividades do “mês de março”, em referência ao Dia Internacional da Mulher, está inserido no calendário de atividades do Ano Internacional da Agricultura Familiar – AIAF 2014 e para Angineide Pereira, as entidades do Polo familiarizadas e darão importantes contribuições em todas as temáticas e proposições lançadas dentro do evento. “Com certeza, porque é assim: o trabalho que a gente vem fazendo dentro do Polo a gente está vendo que nas avaliações que a gente faz a gente percebe que a gente tem mobilizado bastante mulheres, tem mobilizado, tem levado resultados também como fundos rotativos, as cisternas de placas e calçadão, e é isso que a gente quer, que a cada dia que passe a gente passe a melhorar mais com certeza e acho que o que vem dando certo aqui no Polo da Borborema a gente precisa mostrar para que seja copiado, porque a gente precisa copiar sempre ideias que sejam realmente boas”, relata.

Programação
Primeiro Dia:
 10h – Mesa de Abertura
. Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA)
. Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM/PR)
. Movimentos de Mulheres
 14h Painel 01 – Mulheres Rurais, Feminismo e Políticas Públicas
. Nalu Faria – Coordenadora Geral da Sempreviva Organização Feminista (SOF)
. Movimento de Mulheres
. Diretoria de Políticas para Mulheres Rurais (DPMR/MDA Coordenação: SPM/PR
 17h Lançamento do Prêmio Margarida Alves de Estudos Rurais e Gênero e abertura da Mostra Nacional de Produção agroecológica das Mulheres do Ano Internacional da Agricultura Familiar.
Segundo Dia:
 09h Painel 02 – Mulheres Rurais e a Política Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário
. Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (Condraf)
. Diretoria de Políticas para Mulheres Rurais (DPMR/MDA)
. Secretaria de Desenvolvimento Territorial (SDT/MDA).
. Movimento de Mulheres Coordenação: Rede de Colegiados
 14h – Painel 03 – Os Desafios da política de apoio a gestão e participação das mulheres rurais nos Territórios da Cidadania
. Sempreviva Organização Feminista (SOF) e Centro Feminista 8 de março (CF8) : Experiência Projeto Mulher e Autonomia
. Comitê de Mulher: Experiência de articulação no Território da Cidadania
. SPM/PR: Estratégia de Articulação Territorial para Enfrentamento da Violência contra as Mulheres
. SDT/MDA: Gestão Territorial do Plano Safra
. DPMR/MDA: Estratégia fortalecimento das mulheres na implementação de programas e políticas nos territórios com ênfase no Programa de Organização Produtiva de Mulheres Rurais (POPMR) e no Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR).
Coordenação: Movimento de Mulheres
 17h – Trabalho em Grupo – Construção de agenda futura
Terceiro Dia:
 8h30h – Trabalho em Grupo – Construção de agenda futura (continuidade)
 10h – Socialização dos trabalhos e encaminhamentos
 12h30 – Encerramento

Fonte: Stúdio Rural / Programa Universo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top