Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Queimadas promove encontro sobre produção de feno e silagem

Agricultores e representações de associações de agricultores e agricultoras do município de Queimadas participaram de uma reunião promovida pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais daquele município para discutir as técnicas de produção de ração para alimentação do rebanho a partir da confecção de silos e o processo de fenação de forrageiras nativas diversas.

A reunião aconteceu na última terça-feira, na sede daquele sindicato e foi espaço de repassar conhecimentos a partir de experiências já desenvolvidas por agricultores familiares de diversos municípios do Território da Borborema vinculados ao Pólo Sindical.

Carlos Felipe Teodoro de Oliveira é assessor técnico da AS-PTA, ONG que trabalha junto aos agricultores e entidades da agricultura familiar da Borborema e foi profissional responsável em repassar diversas informações sobre técnicas e tecnologias já bem sucedidas por diversas famílias agricultoras que fazem o trabalho de armazenamento de ração que são utilizadas nas épocas em que a seca provoca a escassez de alimentos para a criação animal. Carlos Felipe garante que o objetivo é repassar conhecimentos, mas também construir e repassar esses conhecimentos para o coletivo comunitário a partir da construção de unidade produtivas com ações práticas de aprendizado, conforme ele próprio explicou aos nossos ouvintes do Programa Universo Rural do dia 14 de maio e Programa Domingo Rural do domingo, dia 19 de maio. “O objetivo da nossa reunião hoje é se programar, pensar novas formas de armazenamento, a gente veio tratar a questão do armazenamento de silagem, mas também procurar meios de disseminar a forma de armazenamento de feno porque quanto mais forma de estratégia de armazenamento de forragem o agricultor tiver mais segurança ele tem para alimentar o seu rebanho para que consiga atravessar o período de estiagem, período em que mais se sofre, por falta de alimentos o agricultor ver seus animais definharem e muitas vezes tem que desfazer de alguns recursos para comprar ração para os animais e de forma insuficiente. Então é nesse sentido que a gente está aqui hoje pra se preparar para armazenar e aproveitar o máximo que surgir com as chuvas”.

Maria Anunciada Flor Barbosa Morais é presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Queimadas e garante que o STR fará um trabalho continuado para o processo de convivência com o clima semiárido queimadense e, ao dialogar com os ouvintes do Domingo Rural e Universo Rural, explicou que o sindicato tem conquistado novas estruturas com novos equipamentos conquistados via MDA a exemplo de máquinas de prensar ração para o feno e ensilagem a partir de plantio de culturas forrageiras como sorgo, milho, milheto dentre outras. “A agricultura familiar é um sistema produtivo, é um sistema que envolve a partir do plantio do milho, do feijão, da fava onde os restos das forragens deixadas por essas culturas que já vai servir pra fazer a silagem, fazer o feno que é uma outra alternativa de guardar forragem para os animais, não é hábito dos agricultores de Queimadas fazerem fenagem, mas as a gente precisa não só se utilizar de uma única alternativa, e sim buscar várias meios, assim como a silagem nós temos a fenação, nós temos também os farelos que podem ser feitos a partir da palma, da gliricídia, de outras leguminosas que a gente misturar e fazer farelos para as pequenas criações como as galinhas, a própria semente de sorgo que a gente planta e que a galinha gosta muito de semente de sorgo que é muito protéica em relação a postura e a gente precisa se utilizar em relação a essas técnicas para o manejo de forragem dentro do município”, explica Anunciada ao dialogar com nosso público ouvinte.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top