Sindicato em Barra de São Miguel, compra, reforma e inaugura sede sindical para fortalecimento da AF

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra de São Miguel, Cariri Oriental paraibano, inaugurou no dia 18 de dezembro último em evento festivo que contou com participação de representações de sindicatos de trabalhadores rurais de diversos municípios da região, representações da Central Única dos Trabalhadores, CUT-PB, prefeitos e vereadores que fizeram uso da palavra evidenciando o fortalecimento que os sindicatos vêm registrando e ao mesmo tempo sobre o fortalecimento da agricultora familiar em todo o estado e região.

Domingo Rural participou acompanhando as atividades e evidenciou na edição do último domingo(01/01) através das emissoras parceiras conversando com o representante da CUT-PB, Luiz Silva; presidente daquele sindicato, José Bezerra Sobrinho, Catula; agricultor familiar e apicultor naquele município, Rosimiro Batista dos Santos, Rosimiro do mel; presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Barra de Santana, Paulo Medeiros Barreto que falam sobre o esforço que a rede sindical vem fazendo para o fortalecimento da agricultura familiar em todo o estado.

O presidente da CUT, Luiz Silva, participou da inauguração e, ao conversar com nossa equipe, falou sobre o processo de estruturação dos STRs no estado e sobre o papel da CUT no processo de fortalecimento da rede sindical e o papel desses sindicatos no fortalecimento da agricultura familiar paraibana. style=mso-spacerun: yes>  “Nós estamos acompanhando, visitando os sindicatos e acompanhando seu desenvolvimento, vários sindicatos estão se desenvolvendo, construindo novas estruturas ara atender melhor os trabalhadores, nós estamos também junto acompanhando esse processo, mas também convocando pra um trabalho mais organizado politicamente para que a gente possa fortalecer a atuação dos sindicatos rurais junto aos territórios da cidadania, nos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural junto aos municípios para garantir que as conquistas que nós já tivemos ao longo das lutas, das grandes mobilizações, gritos da terra Brasil, mobilizações aqui no estado e em todo o Brasil, graças a esses resultados é que nos dá coragem para nos organizarmos melhor ainda e puder desencadear um processo de maior mobilização”, explica o presidente da CUT-PB, Luiz Silva em contato com Stúdio Rural.

O presidente daquele sindicato, José Bezerra Sobrinho, Catula, ao dialogar com os ouvintes Domingo Rural, falou sobre os esforços empreendidos para a compra, construção e inauguração da sede sindical em Barra de São Miguel-PB. “É uma ação de grande importância porque você sabe que o sindicato teve quase fechado porque os que tomaram conta não olharam para o que deviam fazer e eu não condição de presidente estou o que é que posso fazer trabalhando pelo povo no que é necessário já que o dinheiro é do povo, é do sócio e eu achei por bem comprar esse prédio e reconstruir esse prédio para que o povo veja que tem que trabalhar pela nação”, explica o presidente daquele sindicato, Bezerra Sobrinho, afirmando que, ao todo, foram investidos cerca de R$ 50 mil reais.

Rosimiro Batista dos Santos, Rosimiro do Mel, é agricultor familiar no município e associado do sindicato, ao dialogar com nossa equipe ele falou sobre o trabalho que a direção vem fazendo, sobre resultados alcançados e sobre o papel dos associados no processo de fortalecimento sindical e na agricultura familiar. “Eu, como agricultor da região, ex-vereador, ex-presidente tenho a dizer que é um orgulho ser associado, por sinal sou aposentado graças é deus e graças ao sindicato dos trabalhadores. Eu ainda agora estava ouvindo essa discussão do povo falando e eu fiquei me perguntando porque existe pessoas ainda que perguntam pra que pagar sindicato, aí eu fico me perguntando, tai a resposta do porque se paga sindicato já que com uma diretoria desta a gente está vendo pra quê o dinheiro serve”, comenta o agricultor apicultor.

Paulo Medeiros Barreto, Paulo do Sindicato, é diretor presidente do STR de Barra de Santana, tem um trabalho parceiro naquele e em outros sindicatos e municípios da região e falou sobre o trabalho desenvolvido e sobre as ações parceiras desenvolvidas na vida sindical nos municípios de toda a região e em Barra de São Miguel afirmando que o esforço maior é no sentido de organizar o Pólo Sindical do cariri Oriental paraibano. “A gente está se integrando cada vez mais com os outros sindicatos e os outros companheiros porque a gente sozinho não chega a lugar nenhum, nós temos que está unidos tanto a nível de estado, a nível de federação, mas precisamos também no território está organizados porque só estando organizados é que poderemos discutir as políticas interessantes para nossa região. Então acho que está na hora realmente da gente formar o nosso Pólo, criar o nosso Pólo chamando todos os companheiros, chamando as lideranças que estão alheios as discussões pra vir para as discussões e a gente formar esse pólo, aí sim é começar a discutir estratégias voltadas para o nosso território porque só assim a gente consegue avançar nas discussões em nível de estado e nacional”., explica Paulo Medeiros.

O Sindicato dos Trabalhadores de barra de São Miguel existe desde 1983, mas não tinha sua sede própria o que só foi possível com um conjunto de esforços desempenhados pela direção daquele sindicato em parceria com os associados e associadas que fizeram acontecer o sonho daquele coletivo sindical.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top