STR de Queimadas é contemplado com 430 cisternas e promove capacitação para famílias agricultoras

O município de Queimadas foi contemplado com 430 cisternas de placas, através do Projeto 1 Milhão de Cisternas, financiado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome(MDS) e, para atender os requisitos do convênio, o sindicato dos trabalhadores rurais promoveu capacitações envolvendo as famílias numa ação assessorada por componentes do Pólo Sindical da Borborema.

Uma das capacitações aconteceu durante a quarta-feira e quinta-feira(04 e 05/09) na sede daquele sindicato e discutiu sobre o convênio financiado pelo MDS e sobre o papel que as entidades da agricultura familiar e o sindicato dos trabalhadores rurais têm na contrapartida para a execução do projeto que se inicia pelas mobilizações, capacitações e construção dos equipamentos que são tidos como tecnologias sociais já que partem do aprendizado das próprias famílias agricultoras e entidades do semiárido além de utilização da mão de obra e utilização dos materiais locais.

Fábio Alberto Vieira da Silva, Dongo, é parte do programa enquanto assessor do Pólo Sindical da Borborema e, ao dialogar com Stúdio Rural, disse que a capacitação é um trabalho feito na base com as famílias agricultoras que passam a entender o trabalho com a cisterna vai além de uma construção já que a lógica da Articulação do Semiárido é a propriedade como um todo a partir da estruturação com estruturações hídricas, criação, a produção de alimentos na forma agroecológica e os mercados que todos estão ligados a primeira água enquanto primeira condição de convivência com a realidade semiárida e garante que tratar-se de um trabalho de mobilização continuada. “O período começa a partir do momento em que as famílias estão participando, então já começou esse processo de formação e então a gente inclui também as parcerias com o diverso sindicato e associações e aqui já demos o ponta-pé inicial desde o mês de junho e estamos dando sequencia porque o próprio trabalho do Pólo não é só em Queimadas e sim em 14 municípios do Pólo Sindical da Borborema e temos como meta o mês de dezembro como período de encerramento de construção”, explica acrescentando que fatores como chuvas, entrega de material de construção fazem com que esse tempo possa venha ser protelado.

Maria do Carmo Silva, Lia, é diretora da Associação de Agricultores e Agricultoras da comunidade Guritiba e disse ser um projeto que vem mudando o panorama do município do município que a partir de então estará com cerca de 100% das residências rurais passam a contar com a cisterna de placas enquanto instrumento da primeira água inicial para o processo de convivência com o semiárido. “Foi uma reunião proveitosa porque todo o pessoal comunicado de que haviam sido contempladas vieram todas participar e estão todas agradecidas”, explica dizendo que aquele sindicato está no caminho certo no processo de aglutinação das famílias em torno da luta pela convivência com o semiárido. “O sindicato daqui está nota dez, por causa que está atendendo os agricultores, quando é preciso eles comunicam logo a associação que logo comunica aos agricultores e se comunica com o sindicato”.

Euzelir Fidelis de Lima é também assessor do Pólo Sindical da Borborema, participou das capacitações naquele município e explicou que, além de Queimadas, o município de Bananeiras também está fazendo o trabalho já que está contemplado com 715 cisternas e garante que aquele município brejeiro tem exigido maior empenho por parte dos organizadores do trabalho já que o sindicato rural não tem se interessado em desenvolver o trabalho na parceria. “Fazemos uma ampla reflexão nesses cursos de como cuidar de nossa água, vemos como importante que a família ao receber essa cisterna ela possa fazer alguns cuidados básicos que é a primeira água da chuva deixar lavar o telhado e não significa perder essa primeira água das chuvas já que ela pode estar guardando em outro recipiente e utilizando na sua horta e plantas ao arredor de casa; tem a limpeza das calhas e bicas; tem um filtro que a família estará acompanhando, tem o cuidado também com a pintura da cisterna porque o cal é também repelente ao mosquito e também ele vai deixar a sua cisterna livre das auto temperaturas”, exemplifica Euzelir durante sua participação em nossos programas radiofônicos.

Falando ao nosso público ouvinte, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Queimadas, Maria Anunciada Flor Barbosa Morais, falou sobre o trabalho que vem sendo feito naquele município e disse ser um trabalho que vem lutando pela universalização da água numa lógicas de tecnologias apropriadas integradas com tecnologias sociais que tenham reconhecimento a partir das experimentações feitas pelas entidades da agricultura familiar agroecológica do semiárido Brasileiro. “O nosso público de trabalhadores e trabalhadoras rurais é um público inteligente, é um público que já vem passando por formações junto com o sindicato, junto com o Pólo Sindical da Borborema e, mesmo se a gente não estivesse recebido essa etapa agora para concluir o município, acredito que o nosso público estaria esperando para numa outra oportunidade receber as cisternas de placas já que temos constatado vários problemas em outros estados com a cisternas de plástico e o processo de construção que a ASA(Articulação do Semiárido) tem feito dentro de todo o semiárido brasileiro tem feito a diferença e não é a toa que a gente iria desconstruir o que a gente vem construindo já há bastante tempo que a gente sabe que vem dando certo na região da gente. Por que não apoiar o que já vem dando certo?”, explicou dizendo que as cisternas de plástico tem elevado custo, baixa eficiência e provoca grandes perdas no mercado econômico e de geração de trabalho e renda na base municipal.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top