Trabalhadores rurais do município de Boqueirão têm nova e estruturada sede sindical

Trabalhadores e trabalhadoras rurais do município de Boqueirão, Cariri Oriental paraibano, já contam com uma nova sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais daquele município dotada de uma estrutura capaz de proporcionar melhor qualidade de vida e ambiente de amplas discussões políticas já que desde o dia 19 de dezembro de 2009 foi inaugurada a primeira etapa da construção que fica situada a Rua Epitácio Pessoa, 577 no Centro daquela cidade.

Stúdio Rural compareceu ao local na manhã desta terça-feira 12 de janeiro e conversou com o presidente daquela instituição sindical, Geraldo Barbosa Oliveira, que falou sobre as estratégia e objetivos desempenhados para a construção daquela estrutura que dará bom suporte para o trabalho não apenas para a categoria mas também para as diversas categorias e setores da sociedade existentes dentro do Território do Cariri Oriental. “Os trabalhadores rurais de Boqueirão estão de parabéns porque eles acreditam na diretoria, entregamos agora no dia 19 de dezembro a nova sede, tivemos uma reunião com a participação de quase 500 trabalhadores presentes e o nosso projeto junto com os trabalhadores é também concluir a parte de cima que é um auditório, dormitório que é para que os trabalhadores tenham no futuro a oportunidade de treinar, de se capacitar, de ter seus filhos realmente sendo conhecedores de seus direitos e seus deveres, o nosso projeto é esse, fazer com que os trabalhadores venham pra perto conhecer os seus direitos conhecer a nova sede, participar e contribuir porque tudo isso nós conseguimos realizar com os recursos e as mensalidades dos trabalhadores”, relata aquele presidente sindical ao dialogar coma equipe do Programa Domingo Rural e emissoras associadas.

Ele lembrou que até pouco tempo as atividades sindicais eram desenvolvidas no ambiente com pouco espaço e, portanto, menos possibilidades de desenvolver um trabalho a altura do merecido pela atualidade das comunidades rurais de Boqueirão e lembrou da importância de mais envolvimento por parte da sociedade camponesa daquele município em se associar e manter em dia suas contribuições sindicais e disse que em cerca de 120 dias o primeiro andar estará totalmente concluído para servir de suporte para as reuniões das lideranças, agricultores, conselho municipal, entidades territoriais dentre outras. “É por isso que nós estamos fazendo uma coisa grande, algo que abranja de um modo geral os trabalhadores do município que seja associado ou não mas que as organizações vão ter um espaço, um local para que eles possam conversar e discutir os seus projetos” argumenta Geraldo, dizendo acreditar que diante da soma das ações desenvolvidas pouco a pouco está se dando mais sentido aos trabalhadores se tornarem membros efetivos da entidade sindical.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top