Universo Rural e Domingo Rural evidenciam Congresso estadual da CUT-PB

O Programa Universo Rural do da última quinta-feira(24/05) o Domingo Rural do último domingo(27/05) evidenciaram o XI Congresso Estadual da CUT-PB – CECUT que foi realizado de 24 a 26, no Centro Convento Santo Antônio, no Sítio Ipuarana, no município de Lagoa Seca, Brejo paraibano.

Discutir a conjura política regional e nacional, fazer um balanço das ações da direção da entidades na gestão 2009/2012 dentre outras ações foi o forte das discussões durante os três dias de evento que ao final realizou a eleição para a escolha da nova direção e fez a escolha dos delegados que representarão a Paraíba no encontro nacional da CUT que acontecerá em São Paulo no mês de julho.

O balanço do mandato mostra que ao logo da gestão 2009/2012 a direção da entidade se pautou nas principais lutas e ações da Central pela democratização das relações sociais e de trabalho, pela manutenção e ampliação de direitos da classe trabalhadora, pela democratização do estado, pela busca da inclusão social da população e pela reivindicação de políticas públicas nos mais diversos campos que possam beneficiar o trabalhador e sua família.

Ficou evidenciado que a CUT Paraíba teve participação ativa em atividades e ações realizadas no Estado, as quais envolviam bandeiras de lutas ligadas diretamente ao mundo do trabalho e da luta pelo bem estar social, como a participação no Comitê da Verdade na Paraíba e no Fórum dos Servidores Públicos Federais e Estaduais bem como o apoio e participação nos movimentos grevistas das categorias dentre outras ações.

A abertura dos trabalhos aconteceu na manhã da quinta-feira e contou com participação de delegados e delegadas representando as diversas categorias sindicais no estado, representações de órgãos de governos, movimentos sociais, Central Única dos Trabalhadores Nacional dentre outras. “Eu acho que esse evento é de suma importância, o governo tem que está aberto sempre ao diálogo e não poderia se furtar e deixar de estar presente na abertura do XI Congresso da CUT estadual, até porque é discutido bandeiras de lutas que muitas vezes já são históricas dos trabalhadores num momento em que está essa reviravolta mundial por conta dessa tão propagada crise que felizmente aqui no Brasil ela tem demorado a chegar e esperamos que nunca chegue, mas que demonstra que as relações de trabalho hoje estão cada vez mais dinâmica e diferentes”, explica o secretário de interiorização do governo paraibano, Fábio Maia ao dialogar com a equipe Stúdio Rural justiçando ser importante espaço e lembrando já ter sido diretor daquela central sindical e falando do papel que ele exerce em ser a ponte entre os setores organizados da sociedade com o governo.  “Enquanto governo do Estado a gente fica a margem desse processo da discussão da CUT até porque é um processo em que os próprios sindicatos é que faz a CUT é quem são os membros, mas entendemos a representação que a CUT tem hoje para o Brasil, são 29 anos de história que tem contribuído com toda a formação de todo o movimento sindical como também as lutas de todos os brasileiros em sua história”.

José Gilson Alves é diretor do SINTER, é diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Sinter-PB), e ao ser entrevistado por Stúdio Rural comentou ser o evento importante já que evidenciou pontos de pauta da agricultura familiar que é responsável por 70% da alimentação produzida que chega à mesa de dos brasileiros é dos paraibanos e salientou a diversidade entre o mundo rural e urbano na CUT. “A questão do desenvolvimento do Brasil e da Paraíba passa pela integração dos movimentos sociais, do movimento sindical do campo e da cidade, porque se há um problema sério no campo, trabalhadores urbanos têm que estar solidários e da mesma forma os problemas que estão acontecendo em cada uma das têm que ser partilhados e receber cada um setor dentro da diversidade dos movimentos os mais diversos possível, então extremante importante essa integração e essa solidariedade dentro do movimento sindical”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top