Agricultores familiares do RN vão fornecer 344 toneladas de alimentos para escolas de Natal

Duas cooperativas e duas associações de agricultores familiares do Rio Grande do Norte vão fornecer, em 2015, 344 toneladas de produtos para a alimentação de 45 mil alunos de 119 escolas da rede municipal de educação de Natal.

A informação é da assessora de comunicação do Incra-RN, Kalyandra Vaz, explicando que, segundo a representante da Secretaria de Educação do município, Fernanda Jales, os contratos com a Prefeitura de Natal, no valor de R$ 1 milhão, foram assinados no último dia 19, durante o “Encontro Estadual Sobre Sementes Crioulas – Políticas públicas e estratégias para acesso e consolidação no RN”, realizado na Escola de Governo do Rio Grande do Norte, na capital do estado promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) em parceria com o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte (Emater/RN) e contou com a presença de agricultores familiares, quilombolas, indígenas, estudantes de graduação e pós-graduação, representantes dos órgãos parceiros, além do delegado federal do MDA/RN, Dário Alves de Andrade, do superintendente do Incra/RN, Vinícius Ferreira de Araújo, e da superintendente substituta e chefe da Divisão de Administração da autarquia no estado, Leilianne Duarte Gurgel D’Ávila.
Vaz explicou que evento objetivou contribuir para o resgate e a valorização dos materiais genéticos locais que ainda são cultivados por famílias de agricultores familiares no Rio Grande do Norte onde essas sementes passam por um processo de seleção de características – resistência à seca, tempo de colheita, tempo de conservação pós-colheita, aceitação na alimentação humana e animal –, que as tornam importantes para a conservação da biodiversidade e para a segurança alimentar das famílias.
As quatro cooperativas da agricultura familiar que irão fornecer produtos para a alimentação de estudantes norte-riograndenses foram selecionadas pela Prefeitura de Natal através de chamada pública realizada pela Secretaria de Educação do Município.
Segundo aquela assessoria, as entidades selecionadas para o fornecimento de alimentos à Prefeitura de Natal são a Cooperativa de Agricultores Familiares e Pescadores Artesanais da Economia Solidaria da Região do Mato Grande (Cooafes), a Associação dos Agricultores Familiares da Comunidade de Campinas (AFCC), a Associação dos Produtores do Vale de Extremoz (Assoprov) e a Cooperativa dos Produtores Rurais de Guanduba (Guancoop).
Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top