Câmara Campinense vai implantar coleta seletiva interna de lixo

Está tramitando na Câmara Municipal de Campina Grande, Projeto de Resolução nº 017 de 04 de maio de 2007, de autoria do vereador João Dantas (líder da bancada majoritária) instituindo a Coleta Seletiva interna de lixo na Câmara Campinense.

Segundo o assessor do vereador campinense, Waldeny Mendes, o parlamentar acredita ser de fundamental importância a Câmara Municipal de Campina Grande, dar o exemplo, começando com a coleta seletiva, demonstrando, com a ação, a responsabilidade ambiental como uma das características inovadoras do administrador público, justificando que a Câmara Municipal tem uma média diária de descarte de papéis que por si só justificaria a proposição do parlamentar. “Reciclar papel é um modo de preservar milhões de árvores, defendendo assim o meio ambiente, reduzindo custos e acima de tudo é uma demonstração de responsabilidade social”, argumenta.

Ainda segundo o vereador, informa sua assessoria, cada tonelada de papel reciclado significa a não derrubada de 20 árvores, esclarecendo que o papel, dependendo da fibra, pode ser reciclado até sete vezes, e com isso preservaria florestas inteiras. “João Dantas finalizou dizendo acreditar na execução da sua iniciativa, que segundo o vereador vem agregar das com as diversas brilhantes ações que vêm sendo implantadas no parlamento mirim pela nova mesa diretora”, finaliza.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top