Cidade do Agreste Potiguar promove feira semanal da Agricultura Familiar

SR130416bCoentro, alface, batata doce, manga, coco, cajá dentre uma ampla diversidade de alimentos agrícolas fazem parte de uma mistura de cores e aromas que já tomam conta do município de Nova Cruz, Agreste potiguar, com a Feira da Agricultura Familiar, numa iniciativa das entidades parceiras de governo e da sociedade civil no Rio Grande do Norte.

Conforme a assessoria da Emater-RN, o lançamento ocorreu na manhã do dia 25 de fevereiro com os componentes devidamente fardadas com camisetas e bonés, onde as 20 famílias de agricultores apresentaram à população seus mais variados produtos em barracas padronizadas e equipadas com balanças de precisão. “A estrutura se repetirá semanalmente às quintas-feiras, na rua 1º de Maio, ao lado da tradicional feira da cidade. Esta é a primeira de outras 20 feiras que serão realizadas em 20 municípios da região agreste potiguar, nas próximas semanas, e beneficiarão 300 famílias de agricultores”, explica aquela assessoria.

Aquela assessoria explica que a iniciativa dinamizará a economia local com a geração de ocupação e renda para os pequenos produtores e pescadores, além de oferecer ao público produtos saudáveis, sem uso de agrotóxicos e acrescenta que as Feiras são uma parceria do Governo do Estado com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), prefeituras municipais, sindicatos rurais, Banco do Nordeste, Terrasul e UFRN.  “Segundo o gestor regional da Emater-RN em São José de Mipibu, extensionista rural Lucivaldo Vieira, a Feira da Agricultura Familiar vai incrementar a participação dos produtos da agricultura familiar e dos pescadores no mercado local, dar visibilidade e criar novas formas de comercialização, promover práticas de associativismo, ampliar a participação da produção em outros mercados interterritoriais e agregar valor à produção local evitando a ação de intermediários”, explica aquela assessoria crescentando que em breve, a Emater-RN conduzirá oficinas voltadas às práticas agroecológicas para capacitar ainda mais os produtores.

 

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top