Conferência de Desenvolvimento Rural aponta pauta para agropecuária paraibana em 2013

A 3ª Conferência Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável, realizada, em João Pessoa, entre os dias 03 e 04 de dezembro promoveu uma discussão entre diversos grupos temáticos relacionados à economia rural e deixa pautada diversas ações a serem desenvolvidas pela Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca do governo paraibano no ano de 2013.

Entrevistado por Stúdio Rural, o secretário da pasta Marenilson Batista informou que a conferência foi fruto de ação do Governo do Estado através da SEDAP e suas vinculadas no sentido de reforçar o diálogo entre governo e sociedade civil na construção de políticas públicas, justificando que o ano de 2011 foi pautado na construção desses espaços de diálogo que, segundo ele, teve continuidade em 2012 aprimorando os diferentes arranjos produtivos e que a conferência tem e terá papel de avaliar os pontos positivos e entraves das políticas públicas postas no Estado da Paraíba. “Nós focamos no fortalecimento dos arranjos produtivos, caprinovinocultura, bovinocultura, piscicultura, apicultura, a cana-de-açúcar, o sisal garantindo assim que a Paraíba possa avançar e quando se fala em avançar nós queremos que a Paraíba tenha mais produção, a Paraíba tenha mais produtividade e que possa produzir também com muita qualidade”, explica dizendo que a conferência apresentou esses rumos a serem seguidos no ano de 2013 e 2014.

Batista disse que a partir da conferência o estado está estabelecendo um diálogo permanente com os arranjos produtivos que estão se organizando em câmeras setoriais e os diversos segmentos ligados ao agronegócio e a agricultura familiar garantindo que o diálogo permanente fortaleça o desenvolvimento do estado e prá isso o estado tem usado recursos do Projeto Cooperar pra fortalecer a base primária, recursos do empreender para o fortalecimento do crédito, parceria constante com o ando do Brasil e Banco do Nordeste dentre outras ações.

Questões relacionadas aos territórios foram evidenciados com o encontro estadual dos territórios rurais onde foram alinhadas discussões territoriais e os projetos que tem na secretaria enquanto gestoras numa perspectiva de no próximo ano realizar conferências em todos os territórios fazendo inclusão de políticas a partir da contrapartida governamental com o governo federal e forças locais focando as áreas de comercialização a partir dos espaços agroecológicos, com o Programa de Aquisição de Alimentação, o Programa Nacional de Alimentação Escolar garantindo que o mercado governamental possa chegar nos 15 territórios rurais da Paraíba. “Mesmo com toda essa seca, no Pronaf, a Paraíba cumpriu todas as suas metas porque o foco do crédito foi um foco direcionado à convivência com o semiárido e, neste aspecto, é muito importante as pessoas entenderem que estamos no semiárido e precisamos ter crédito e projetos direcionados para essa questão do semiárido e paralelo a toda essa construção de convivência com o semiárido o governo do estado tem uma preocupação muito forte principalmente na alimentação animal, por isso já nesse período agora nós estamos em duas frentes: uma distribuição de forma gratuita nessa primeira fase de 19 mil toneladas e estamos entrando numa fase que é a fase de venda subsidiada com 50% do preço de mercado, garantindo que esses animais que hoje estão aí não sofram tanto e ao mesmo tempo prospectando para 2013 um programa estadual de alimentação animal com distribuição de sorgo, com distribuição do milheto e com crédito garantido e com assistência técnica sempre voltada para a sustentabilidade no nosso semiárido”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top