Cooperativistas discutem avicultura caipira paraibana durante encontro em Campina Grande

Agricultores familiares vinculados a cooperativas de criadores de galinha caipira na região de Campina Grande, extensionistas rurais da Empaer, componentes do Banco do Nordeste(BNB), dentre outros, participaram, nesta segunda-feira(25), de uma reunião promovida pelo Prodeter, Programa de Desenvolvimento Territorial, via Comitê Gestor do Território Borborema.

O evento aconteceu durante a manhã da segunda-feira, no auditório do CREA Campina Grande, objetivando discutir ações presentes e futuras relacionadas ao custeio e compras coletivas, ações do PB Rural e o Planes, Plano Estadual de Fortalecimento e Desenvolvimento dos Arranjos Produtivos Locais. “Tivemos essa reunião no auditório do CREA onde juntamos os produtores, parceiros e entidades que constituem o APL da avicultura caipira do Estado da Paraíba, estiveram três cooperativas, cinco associações, representações da Empaer, do Senar, do Banco do Nordeste, de prefeituras tivemos o vice-prefeito de Soledade, vereadores e outras entidades estiveram presentes discutindo as ações do Planes, atualizar o que tem sido discutido no Planes que foi o documento no movimento que a gente lançou no dia 22 de setembro que traz um plano estratégico para o desenvolvimento do setor agropecuário do estado a partir dos Arranjos Produtivos Locais”, explica o componente do Comitê Gestor, Wendell José de Lima Melo.

Lima Melo explicou que, após o lançamento do Planes, encontros com diversas autoridades já aconteceram objetivando o fortalecimento das ações para o setor agropecuário que encontra-se descontente com a política do governador João Azevedo. “Estamos no aguardo, ainda, da reunião com o governador do Estado pra discutir as ações para o setor agropecuário, porque o setor está muito descontente com várias coisas que têm ocorrido com a situação há que se chegou nessa pandemia e no presente momento furto de longas dificuldades que nós temos que até hoje não foi resolvido no estado”, explica Wendell detalhando entraves enfrentados pela agropecuária que podem ser minimizados com políticas públicas de estado com uma concertação dentro de uma nova governança para o setor agropecuário.

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top