Embrapa oferece curso sobre Produção Integrada de Caju e Melão

A Embrapa Agroindústria Tropical, realiza, de 2 a 6 de julho, na sua sede, em Fortaleza (CE), o Curso de Formação de Técnicos em Produção Integrada de Caju e Melão.

Segundo a assessora da entidade, Teresa Barroso, o curso é destinado a engenheiros agrônomos, técnicos agrícolas, biólogos, produtores e estudantes do último ano das áreas relacionadas às Ciências Agrárias, tendo por objetivo a preparar os profissionais para serem os responsáveis pela assistência técnica, execução e acompanhamento de todo o processo produtivo e de auditoria na produção integrada de caju e de melão. “A programação inclui a situação atual do sistema de produção integrada no Brasil e o conhecimento das Normas Técnicas Específicas da Produção Integrada. Essas normas compreendem áreas temáticas, que vão desde a organização dos produtores, capacitação de mão-de-obra e planejamento ambiental, até manejo integrado de solo, pragas e doenças, e pós-colheita. Elas estabelecem critérios que tornam os procedimentos obrigatórios, recomendados, proibidos ou permitidos com restrição”, informa Barroso, acrescentando que também fazem parte do programa conhecimentos sobre os conceitos de rastreabilidade, qualidade e segurança na produção integrada, boas práticas agrícolas, informações sobre utilização dos cadernos de campo, bem como o processo de certificação e comercialização.

O programa de Produção Integrada de Frutas (PIF), informou Barroso, foi criado pelo Ministério da Agricultura em 1998 e faz parte do Programa de Desenvolvimento da Fruticultura (Profruta). É um sistema de produção de frutas de alta qualidade, que prioriza princípios baseados na sustentabilidade e rastreabilidade, aplicação de recursos naturais e regulação de mecanismos para substituição de insumos poluentes, utilizando instrumentos adequados de monitoramento.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top