Mais 8 mil famílias do RN contam com Cisternas de Placas para o convívio com a seca

Mais 8 mil famílias do Rio Grande do Norte já contam com Cisternas de Placas para o convívio com a seca numa dinâmica que faz parte de um compromisso firmado entre a FBB, Fundação Banco do Brasil, Governo Federal e a Articulação Semiárido Brasileiro na construção de 80 mil reservatórios em 130 municípios brasileiros.

Segundo a assessoria da FBB a escassez a reaplicação da tecnologia social Cisterna de Placas no Rio Grande Norte faz parte do Programa Água para Todos, uma das ações do Plano Brasil Sem Miséria, do Governo Federal, e tem como objetivo a universalização do acesso à água potável para consumo humano.

Ao contatar com Stúdio Rural, aquela assessoria comunicou que com as novas instalações, mais de 70 mil cisternas já estão em 130 municípios dos nove estados do Semiárido (RN, PI, CE, PB, PE, AL, BA, MG e SE) e que ao todo 350 mil pessoas foram atendidas. “O modelo reaplicado pela Fundação BB obteve sucesso por meio do esforço conjunto da rede de agências do Banco do Brasil, da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA), de parceiros locais e de entidades que foram selecionadas em função de suas competências técnicas, gestão, mobilização e experiência na reaplicação da tecnologia social. Para implantação, cada unidade tem um custo unitário médio de R$ 2.579” explica aquela assessoria.

No Rio Grande do Norte, explica aquela assessoria, são 15 cidades beneficiadas com a tecnologia social, que já minimiza o impacto da seca para mais de 40 mil pessoas, que as cisternas de placas é uma tecnologia social que compreende um reservatório de forma cilíndrica, coberta e semienterrada e foi certificada pelo Prêmio Fundação BB de Tecnologia Social em 2001, na tentativa de solucionar a falta de água da população mais carente do semiárido brasileiro. Cada reservatório tem a capacidade de acumular 16 mil litros de água que, se usados com moderação, podem durar até oito meses para uma família de cinco pessoas, em atividades como cozinhar, beber e escovar os dentes.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top