SR090918a

Agricultor evidencia trabalho coletivo de preservação de matas para fortalecimento da agricultura em Barra de São Miguel

SR090918aFamílias agricultoras residentes e produtoras no Assentamento Novo Campo, município de Barra de São Miguel, Cariri Oriental paraibano, estão desenvolvendo um trabalho de exploração sustentável das matas como forma de fortalecer a agricultura e pecuária naquele assentamento da reforma agrária além de gerar conhecimentos que possam contribuir para novas práticas sustentáveis naquela região semiárida.

Stúdio Rural entrevistou o agricultor familiar e técnico em agropecuária, José Mário da Silva, explicando que o trabalho é desenvolvido numa parceria com o Coletivo Casaco Cariri e Procase, envolve um coletivo de famílias agricultoras e visa fazer um trabalho de raleamento da vegetação nativa como forma de proporcionar circulação do ar, água e luz no ambiente e ao mesmo tempo criar condições de retenção do solo e da água que geralmente se conflitam no processo das erosões e danos ao solo agrícola. “O evento foi o seguinte: raleamento e rebaixamento da caatinga levando em consideração que o raleamento da caatinga não é aquele raleamento que o pessoal fazia antigamente na questão de brocar o mato para o inverno do próximo ano. O rebaixamento e raleamento da caatinga é o seguinte: você vai fazer em curvas de nível, o que é curva de nível? Você vai pegar o solo, medir a altura do declínio e fazer as curvas de níveis para você conseguir reter o máximo de solo e água no solo. O que é reter água solo? A partir do momento que a água vem com 20 quilômetros por hora e você consegue diminuir a velocidade dela para 5 quilômetros por hora, você está retendo água no solo. Além de reter água no solo você vai reter 5% de matéria orgânica que é o que a gente perde nos processos chuvosos por ano na nossa região do Cariri”, explica Zé Mário ao iniciar seu amplo diálogo com nosso público ouvinte Programa Domingo Rural e Programa Esperança no Campo do último final de semana.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo