Agricultores de Lagoa Seca realizam encontro de capacitação sobre retomada da batatinha

Agricultores familiares do município de Lagoa Seca vinculados ao Pólo Sindical da Borborema estiveram participando de um encontro de lideranças interessadas em discutir a retomada da batatinha no município, desta vez de forma orgânica e integrada com a luta organizada das entidades na região do Brejo e Agreste da Paraíba.

O evento aconteceu na tarde do último dia 09 de julho(sábado) na propriedade do agricultor agroecológico, Robson Alves Gertrudes, Robinho(foto), situada no Sítio Retiro de Lagoa Seca e contou com representações diversas interessadas na retomada da cultura que já foi uma das principais culturas de grande interesse dos produtores rurais de Lagoa Seca, Esperança, Montadas, Areial, dentre outros municípios do Compartimento da Borborema.

Robinho e família já tem tradição na produção da cultura e na unidade já se iniciou um trabalho de experimentação de variedades de batatinha pesquisadas pela Embrapa de Canoinhas-SC e que foi transferida pele Embrapa Transferência de Tecnologia Escritório de Campina Grande num trabalho em parceria com entidades do Pólo da Borborema para que fossem experimentadas pelas famílias agricultoras dessas microrregiões paraibanas

O agricultor Robson Alves Gertrudes, Robinho, já vem produzindo a variedade de batinha Monalisa de forma agroecológica numa ação assessorada pela AS-PTA e garante que as novas variedades trazidas apresentam importantes resultados quando relacionada a cultura tradicionalmente trabalhada por ele e família de forma que vai continuar experimentando as novas variedades na busca de encontrar um ponto de referência e decidir por quais variedades seguirá plantando para a alimentação da família e complemento comercial. “Trouxeram essa nova batatinha para eu fazer essa experiência e a batatinha está com um resultado muito bom, apesar do clima que está meio escasso por chuvas, mas ela já se adaptou bem aqui e tem tudo pra ser um sucesso essa experiência que estou fazendo aí”, explica Robinho que na safra 2010 produziu cerca de 10 toneladas de batinha orgânica e vendeu de forma antecipada a uma empresa de São Paulo.

Nelson Anacleto é agricultor no município de Lagoa, diretor do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Lagoa Seca, coordenador do Pólo Sindical e das Organizações da Agricultura Familiar da Borborema e informou que o encontro na propriedade do agricultor Robinho representou oportunidade de uma articulação dos agricultores do município de Lagoa Seca se capacitarem, discutirem estratégias do plantio, fortalecer os conhecimentos sobre as novas variedades que estão chegando no território rural e possam cumprir o objetivo de inserir os agricultores na nova forma de fazer a produção da batatinha nas dinâmicas agroecológicas. “Esse encontro foi uma forma da gente puder nos articular e fortalecer no sentido de que essa batata que está vindo de fora ela possa cumprir o objetivo de inserir aqueles agricultores que estão entrando no processo novo em que a nova lógica agora é a lógica de fortalecer o processo de uma batata agroecológica não simplesmente por se deixar o veneno, mas também porque nós precisamos libertar os agricultores de uma série de problemas decorrentes que estavam atrelados, estavam escravizados e também permitir a população que tem uma produção saudável com produção em harmonia com o meio ambiente e também ter um mercado já garantido, um mercado que a perspectiva é muito boa de produção sem uso de agroquímico”.

Ao contatar com os ouvintes do Programa Domingo Rural deste domingo(17/07), Nelson disse que esses encontros estarão acontecendo em todos os municípios envolvidos no novo momento do cultivo orgânico da batatinha e disse que ao longo do processo diversos encontros, dias de campos e intercâmbios acontecerão no sentido de expandir conhecimentos tecnológicos e ações políticas de fortalecimento do cultivo da batatinha além do acontecimento de uma festa da festa da colheita da batatinha prevista para acontecer no mês de setembro próximo.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top