Assentados da Zona da Mata Sul discutem modos sustentáveis de produção

Cerca de 80 assentados, representantes de 29 assentamentos da reforma agrária de nove municípios paraibanos participaram durante os dias 30 e 31 de janeiro do IV Fórum dos Assentamentos da Zona da Mata Sul.

style=FONT-FAMILY: PT-BR mso-fareast-language: Roman?; New ?Times mso-fareast-font-family: 10pt; FONT-SIZE: ?Arial?,?sans-serif?;>Segundo a assessora de comunicação do Incra-PB, Kalyandra Vaz, o evento aconteceu no auditório da Secretaria de Educação do município de Pedras de Fogo (PB), a 80 km de João Pessoa, e debateu temas como agroecologia versus uso de agrotóxicos, legislação ambiental, recursos hídricos, economia solidária, políticas públicas de apoio à agricultura familiar, violência doméstica, Créditos Apoio Mulher e Produtivo e desvios de crédito, arrendamento e abandono de parcelas.

style=FONT-FAMILY: PT-BR mso-fareast-language: Roman?; New ?Times mso-fareast-font-family: 10pt; FONT-SIZE: ?Arial?,?sans-serif?;>Vaz informou que o Fórum foi promovido pela Consultoria e Planejamento de Projetos Agropecuários (Consplan), contratada pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para prestar Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater/Ates) aos 29 assentamentos, localizados em Pedras de Fogo, Pitimbu, Caaporã, São Miguel de Taipu, Mogeiro, Itabaiana, Conde, Alhandra e Pilar. “Além das palestras e da troca de conhecimentos, os assentados puderam comprar e vender uma grande variedade de peças de artesanato produzidas nos assentamentos da Zona da Mata Sul, como enxovais para bebês, conjuntos de cozinhas, tiaras, almofadas, blusas em crochê e sandálias customizadas dos grupos de mulheres dos assentamentos Mata de Vara, Maravalha, Itabatinga, Campo Verde, Santa Terezinha, Nova Tatiane e Nossa Senhora Aparecida”, explica Vaz.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top