Assú sedia seminário sobre projeto financiado pelo Programa Petrobras Socioambiental

A cidade de Assú-RN, Oeste Potiguar, sedia nesta sexta-feira(08/05) o Seminário Regional Vale Sustentável, com o tema Educação e Desenvolvimento, evento que acontecerá no auditório do Campus Avançado Prefeito Walter de Sá Leitão da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), dentro do projeto Vale Sustentável que é financiado pelo Programa Petrobras Socioambiental.

Segundo a assessora do Incra-RN, Kalyandra Vaz, o evento que acontece das 8:30 horas às 16 horas, terá apresentação do projeto Vale Sustentável, mesas de diálogos e debates abordando as dinâmicas e ações do projeto que envolve cerca de 130 hectares de áreas degradadas de 12 assentamentos da reforma agrária da região do Vale do Assú, no Rio Grande do Norte, que estão sendo recuperados com o plantio de 65 mil mudas nativas da Caatinga. “O Projeto também incentiva o plantio de mudas frutíferas nos arredores das moradias dos agricultores assentados (quintais produtivos), forma agentes ambientais e uma rede de coletores de sementes nativas para a conservação da biodiversidade da Caatinga”, explica Kalyandra, ao dialogar com Stúdio Rural.
Kalyandra explicou que o Projeto tem recursos da Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental, desenvolve ações que articulam iniciativas que contribuem para o desenvolvimento de soluções e de alternativas transformadoras em conjunto com as políticas públicas do Governo Federal e que a ação é executada pela Associação Norte-Rio-Grandense de Engenheiros Agrônomos (Anea), em parceria com a Superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária no Rio Grande do Norte (Incra/RN), o IFRN, a Ufersa, as prefeituras e sindicatos rurais de Assú e Carnaubais, além das associações comunitárias das comunidades beneficiadas. 
Ela explica que o evento consta de ampla programação que se inicia com apresentação cultural, apresentação do Projeto Vale Sustentável; concepções de desenvolvimento: convivência e sustentabilidade no Semiárido brasileiro; educação socioambiental e desenvolvimento sustentável; impactos ambientais e adoção de práticas sustentáveis de convivência no Semiárido envolvendo professoras e especialistas da Paraíba e Rio Grande do Norte.
Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top