Banco do Nordeste e municípios no Curimataú discutem Prodeter para fortalecimento da pecuária caprina

SR261218dRepresentações da agricultura familiar dos municípios de Barra de Santa Rosa, Nova Floresta, Cuité e Picuí participaram de uma reunião, na última sexta-feira(14), discutindo um recursos do Banco do Nordeste(BNB), via Prodeter, Plano de Desenvolvimento Territorial, dentro do plano de desenvolvimento da cadeia produtiva da caprinocultura daqueles municípios.

O tema foi evidenciado no Programa Domingo Rural e Programa Esperança no Campo do último final de semana a partir de participação do agente de desenvolvimento do BNB Guarabira, Nicodemos Barbosa da Silva, detalhando a importância dos recursos que em breve serão anunciados através de edital para o processo de fortalecimento da atividade caprina dentro das discussões e práticas coletivas e do diretor do STR de Barra de Santa Rosa, Adriano de Sousa Leite. “Nós estamos trabalhando a caprinovinocultura no Curimataú, dentro do programa do Prodeter enquanto programa de desenvolvimento regional do Banco do Nordeste e esse programa visa fomentar o desenvolvimento de algumas atividades, alguns territórios trabalhando com a bovinocultura de leite, outros com turismo, outros com a caprinovinocultura que é o caso do Curimataú”, explica Nicodemos detalhando todo o processo de discussão para que em breve seja anunciado e liberado os recursos BNB. “Não interessa pra gente simplesmente o crescimento, nós queremos o desenvolvimento que é diferente”, complementa.

Participando de nossos programas, o diretor do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra de Santa Rosa, Adriano de Sousa Leite, falou sobre as diversas reuniões já realizadas nos municípios envolvidos no programa e garante que são ações de planejamento dentro das discussões do fórum de desenvolvimento daquele território. “Estamos debatendo a formatação do plano de trabalho, a atividade escolhida foi a caprinocultura, os municípios escolhidos para trabalhar foram Barra de Santa Rosa, Cuité, Nova Floresta e Picuí e nós vamos trabalhar e vencer as etapas estabelecidas no cronograma do Prodeter, então são 19 etapas, nós vencemos hoje a etapa de número 09 e quando chegarmos a etapa 19 vai ser lançado um edital com valores de R$ 300 mil reais onde as instituições vão inscrever seus projetos ligados a essa linha de investimento na caprinocultura para que nós possamos fazer melhoramento de rebanhos, logística de produção, assistência técnica, ou seja, pra que nós possamos realmente pegar nossa produção e agregar valor e as pessoas melhorarem suas rendas”, explica Adriano Leite em contato com nosso público ouvinte.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo