Barra de Santana se prepara pra cadastramento do rural e urbano no novo programa emergencial

O rural e urbano do município de Barra de Santana, Cariri Oriental paraibano, já se prepara pra buscar amparo alternativo no auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal destinado a trabalhadores e trabalhadoras informais de baixa renda, vítimas do surgimento pandêmico do novo coronavírus.

Em contato com Stúdio Rural, o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais daquele município, Paulo Medeiros Júnior, Paulinho do Sindicato, informou que o número de famílias prejudicas é significativo já que são famílias que produzem e beneficiam produtos que passam a sobrar nos mercados tradicionalmente vendidos. “Temos desenvolvido sequenciadas ações estruturadoras junto as famílias agricultoras, mas mesmo assim o agricultor está sofrido demais porque agora ele não tem a quem vender sua mercadoria, tem gente aqui que já está botando os bezerros pra mamar nas vacas ou então dando o leite para os porcos, o que tem complicado, a gente até já solicitou ao governo do estado uma alternativa pra ver se o governo do estado compra o produto do leite e distribui para as famílias carentes”, explica Paulinho, acrescentando que Barra de Santana é conhecido como município com uma forte bacia leiteira e um processo de agregação de valor ao produto.

Medeiros Júnior explicou que a direção do sindicato continua prestando serviço de forma virtual e que a equipe já está preparada para se juntar as entidades locais para o cadastramento das pessoas no auxílio emergencial por acreditarem que será um amplo volume de pessoas em busca do serviço. “A gente já está pensando como é que vai ser esse cadastro, a prefeitura não vai dar vencimento não, ao fazer o cadastramento vai ser aquele tumulto e a prefeitura não tem gente pra atender a demanda”, se antecipa aquela liderança.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top