Campanha Leite Fraterno faz chegar primeiro carregamento do alimento para famílias de Campina Grande e João Pessoa

A manhã desta quarta-feira(15) foi de comemoração por parte da agricultura familiar do município de Caturité e Barra de Santana, Cariri Oriental paraibano, ao executar o primeiro carregamento de leite na Cooperativa Agropecuária do Cariri para famílias carentes de Campina Grande e João Pessoa dentro da campanha Leite Fraterno do Ministério Público Federal na Paraíba, MST e entidades parceiras. “Queremos agradecer ao Ministério Público, através do doutor Godoi, que fez a campanha pra comprar caminhões de leite, e nós produtores de leite aqui do Cariri paraibano entendemos que hoje essa produção poderia estar sendo jogada fora por não ter mercado pra vender e com essa campanha hoje está saindo o primeiro caminhão de leite destinado as pessoas carentes, essa campanha atende a nós produtores de leite aqui da ponta e vai atender as famílias carentes que estão precisando de alimentos lá nas grandes cidades a exemplo de João Pessoa e Campina Grande. Agradecemos, e os produtores de leite clamam por um programa que venha comprar sua produção porque nós produzimos leite com bastante qualidade aqui no Cariri, mas, na maioria das vezes, não temos a quem vender”, explica o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra de Santana, Paulo Medeiros Barreto.

Conforme a assessoria do MPF paraibano, durante esta quarta-feira o leite será distribuído com a população em situação de vulnerabilidade a partir de alguns pontos na capital e região metropolitana e de Campina Grande. “A previsão é que o veículo transportando o leite chegue à capital a partir das 9h30. Ele sairá de Caturité e passará em Campina Grande (por volta das 7h30), onde deixará uma carga de leite para ser distribuída entre os indígenas venezuelanos, comunidade do bairro do Pedregal e vendedores ambulantes”, explica a assessora Iris Porto acrescentando que em João Pessoa o leite será distribuído para o Hospital Padre Egídio, catadores de material reciclável, indígenas venezuelanos, travestis, mulheres lésbicas e prostitutas, vendedores ambulantes e comunidades de ocupações irregulares na capital e região metropolitana.

A campanha é uma ação de um conjunto de entidades coordenada pelo MPF na Paraíba em parceria e para contribuir basta você depositar qualquer valor na Conta Corrente nº 1.065-0 da Associação dos Produtores de Ovinos e Caprinos do Cariri, Agência nº 5686-3 do Branco do Brasil, CNPJ: 04.721.878/0001-77.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo