Canavieiros paraibanos têm representação em reunião da CNA

O presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Raimundo Nonato Siqueira, representou o setor sucroalcooleiro do Estado, em um encontro promovido pela Comissão Nacional da Cana-de-Açúcar da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), no início desta semana, em São Paulo.
Segundo a assessora da entidade, News Comunicação, participaram da reunião representantes do segmento canavieiro de todo o país e na oportunidade, o dirigente da Asplan expôs uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos fornecedores de cana paraibanos: a remuneração insuficiente da tonelada da matéria-prima decorrente do não funcionamento do sistema de pagamento Consecana no Estado. O método Consecana, segundo a News, é a fórmula matemática pela qual se calcula o valor da tonelada da cana-de-açúcar. “Segundo o presidente da Asplan, embora este sistema determine que o pagamento da matéria-prima seja feito conforme a qualidade da matéria-prima, considerando o nível de ATR (Açúcares Totais Recuperáveis) da cana, e os preços praticados no mercado dos principais derivados, açúcar e álcool, várias usinas da Paraíba negociam o produto através da permuta com aqueles derivados”, justiça News, acrescentando que conforme dados do departamento técnico da Asplan, no último mês de março, a tonelada de cana foi comprada ao produtor da Paraíba por R$ 38,07, ou seja, R$ 17,36 a menos que o valor praticado no mesmo período em 2006, que foi de R$ 55,43.
Em contato com Stúdio Rural, News informou que o dirigente da Asplan adiantou ainda que a CNA pretende contratar a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para realizar um levantamento dos custos de produção da atividade canavieira no país. “As informações obtidas na pesquisa deverão subsidiar os futuros diálogos da categoria com o Governo Federal”, justificou

Fonte : Stúdio Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top