Capacitação com trabalhadores da cana evidencia técnica de uso dos herbicidas na atividade

Mais proteção e segurança no campo. É com o objetivo de envolver diversos trabalhadores rurais nesse lema que a Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), está promovendo, desde o dia 13 de junho, dois cursos importantes para garantir a proteção e segurança dos trabalhadores nos canaviais.

A informação é da assessoria da Asplan, News Comunicação, justificando que o primeiro deles, já realizado na fazenda Bela Vista, no município de Itapororoca, no litoral norte da Paraíba, nos dias 13, 14 e 15 de junho, capacitou 17 trabalhadores para o uso seguro dos herbicidas. “A experiência, segundo o produtor de cana proprietário da Bela Vista, o ex-presidente e atual diretor adjunto da Asplan, José Inácio de Morais, foi estimulante, tanto que ele já solicitou ao SENAR o segundo treinamento com sua equipe para o final do mês”, acrescenta.

News informou que para o engenheiro agrônomo da Asplan, Luís Augusto de Lima, que está acompanhando o projeto de parceria com o SENAR nas fazendas, o curso foi importante porque conscientizou os trabalhadores para sua própria segurança e garantiu que achou muito importante a iniciativa de José Inácio, bem como do SENAR, pois esse tipo de capacitação consegue conscientizar os trabalhadores para o uso correto e seguro dos produtos fitossanitários.

Aquela assessoria informou que a próxima turma da fazenda Bela Vista a se capacitar será de tratoristas e dela também participarão outros trabalhadores de fazendas próximas, localizadas na região de Itapororoca em evento que acontecerá entre os dias 28 e 30 de junho.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Universo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top