Capacitação sobre silagem em Cabaceiras reúne famílias e educadores interessados em fortalecer a pecuária local

Famílias agricultoras do Assentamento Serra do Monte, em Cabaceiras, e comunidades adjacentes, participaram de uma oficina de capacitação sobre como melhor aproveitar a ração em tempo apropriado, através da silagem, para o processo de alimentação do rebanho em períodos de secas na região.

O evento aconteceu na propriedade rural do agricultor familiar, Jerônimo Sampaio de Araújo, e contou com agricultores, técnicos extensionistas da Empaer, do Senar, da prefeitura do município interessados no processo de extensão dos conhecimentos e tecnologias que tiveram a leucena, gliricídea e maniçoba como ingredientes. “Você pode observar aqui as três amostras de forragens que vamos misturar: tem a leucena que você percebe que ela tem um maior teor de matéria seca do que as demais; aqui temos a gliricídea que em relação a leucena tem mais volume com uma quantidade de água maior associado a uma quantidade de massa verde; já a maniçoba, a grande vantagem da maniçoba é porque a gente tem um maior aproveitamento da matéria porque tanto aproveita folha, como aproveita partes dos galhos e do tronco o que dar um volume maior”, explica o assessor técnico do Senar, João Lázaro.

Do evento participaram gestores e funcionários da Secretaria Municipal de Educação, dentre outras, objetivando ampliar as dinâmicas para estudantes da rede municipal de educação. “Eu sou Jerônimo Sampaio, moro aqui mesmo no assentamento e me sinto até como um agricultor experimentador, eu tenho feito vários experimentos e, graças a Deus, tem dado certo e espero passar um pouco pra vocês também. Fico muito feliz por termos trazido hoje aqui pessoas da educação porque uma maioria dos alunos da rede municipal do nosso município é da zona rural e a escola tem que levar isso à frente pra mostrar que nós temos como viver bem na zona rural e pra isso precisa de conhecimentos, e vocês como educadores vão levar isso para as escolas e também para outros agricultores já que temos aqui pessoas de várias secretarias e agricultores que ficam a vontade para compartilhar esses conhecimentos”, explica Jerônimo Sampaio em contato direto com o público participante do presencial evento que atendeu todas as medidas de segurança em saúde contra a Covid.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top