Comissão dos orgânicos promove reunião paraibana na Embrapa Campina Grande

Representações de entidades da agricultura familiar agroecológica do Estado da Paraíba, agricultores familiares e entidades de assessoria participaram da primeira reunião do ano 2020 da Comissão de Produção Orgânica do Estado da Paraíba (CPOrg-PB) em evento que aconteceu no dia 04 de janeiro último, no auditório da Embrapa, em Campina Grande.

Pesquisador da Embrapa Algodão, Marenilson Batista da Silva participou do Programa Domingo Rural da Rádio Serrana de Araruna, neste domingo(09), detalhando o encontro. “Esse é o primeiro encontro anual da comissão estadual de produção orgânica da Paraíba, aconteceu na Embrapa com a finalidade principal fazer o planejamento das atividades do ano de 2020 e também discutir a recomposição dos membros que representam tanto a sociedade civil como governo na comissão de orgânicos da Paraíba”, explica Batista justificando ter sido feito um olhar para as ações de 2019 e traçou-se um panorama para o ano em curso. “A comissão conseguiu dialogar fortemente com empresas, com organizações de controle social, principalmente aquelas relacionadas com as feiras; conseguiu dialogar com os sistemas participativos e também recebeu vários pedidos de avaliação de instituições, realizou-se monitoramentos, ou seja, tenho a convicção de que o ano de 2019 foi um ano muito proveitoso para a comissão de orgânicos do Estado da Paraíba”, explica comemorando.

Batista explicou que a agricultura familiar não passa por seus melhores anos em oferta de recursos governamentais para capacitações e processos estruturadores nos territórios e em suas unidades produtivas, mas garante que a sociedade organizada tem superado esses entraves e desenvolvido ações para o fortalecimento da agricultura familiar em todo o estado. “Com relação a questão da produção orgânica, o ano de 2019 teve ampliação do número de feiras, ou seja, os consumidores estão muito antenados na questão do que comem, por isso que além das feiras municipais, tivemos feiras regionais e também você vai ver que nós tivemos mais agricultores produzindo de forma orgânica e a demanda é muito grande pela produção orgânica mesmo com algumas políticas indo na contramão, mas a sociedade está vendo a importância do consumo de orgânicos”, explica ao dialogar com Stúdio Rural.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo