Contrato entre Incra-PB e Fundação Parque Tecnológico agiliza regularização de comunidades quilombolas

Um contrato firmado entre o Incra-PB e a Fundação Parque Tecnológico da Paraíba vai agilizar o processo de regularização de três comunidades quilombolas do agreste paraibano.

Segundo a assessora de comunicação do Incra-PB, Kaliandra Vaz, o contrato, com vigência de 180 dias, prevê a elaboração dos Relatórios Antropológicos das comunidades Matão, no município de Gurinhém(foto); Grilo, no município de Riachão do Bacamarte; e Pedra D’Água, no município de Ingá.

Ao contatar com a equipe Stúdio Rural, Kaliandra informou que as comunidades reúnem cerca de 205 famílias que vivem da agricultura de subsistência, acrescentando que o extrato do contrato foi publicado no Diário Oficial da União no último dia 10.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top