Cooperativa de assentados em Cruz do Espírito Santo é destaque em produção e venda para o PAA

A Cooperativa dos Produtos Nordestinos da Agricultura Familiar (CPnaf), que funciona no assentamento Canudos, nos municípios de Cruz do Espírito e Sobrado (PB), a 64 km de João Pessoa, no Território da Zona da Mata Norte, está conseguindo vender, por mês, 50 toneladas de raízes e 10 toneladas de polpa de frutas para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) da Conab.

A informação é da assessora de comunicação do Incra-PB, Kalyandra Vaz, justificando que a CPnaf é formada por 40 assentados da reforma agrária, um faturamento mensal de R$ 28 mil, totalizando R$ 336 mil ao ano e que a experiência de sucesso naquele assentamento começou com uma pequena agroindústria de beneficiamento de polpa de frutas, há cinco anos, implantada pelo assentado Joaquim Luiz da Silva e seus três filhos, já sendo o único empreendimento em terras da reforma agrária na Paraíba que faz beneficiamento de polpa de frutas.

Vaz explicou que o seu Joaquim é agricultor componente do empreendimento e diz sou apenas um cooperado que consegue tirar o sustento da família graças à reforma agrária e que se não fosse a terra conquistada não sabe o que teria sido do futuro dos filhos.

Ao dialogar com Stúdio Rural Vaz ressalta a satisfação da família e relata que Dênis Karter, filho do seu Joaquim, evidencia que começaram comprando a produção de acerola, goiaba, manga e cajá das famílias do próprio assentamento e depois que passamos a vender para o PAA, perceberam que poderiam ampliar o negócio e adquirir novos produtos e que para isso, formaram a CPnaf há um ano, e está dando tudo certo.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top