Deputado volta a cobrar abastecimento de água para Massaranduba e Pocinhos

O deputado estadual Frei Anastácio (PT) voltou a criticar o governo do estado, pela falta de água em Massaranduba e Pocinhos.

A informação é da assessoria do parlamentar paraibano, lembrando que o deputado tem advertido para o fato de que em Massaranduba (Clique e leia), existe água armazenada para abastecer a cidade, mas por falta de 500 metros de adutora a população está sofrendo, relembrando que o povo de Massaranduba já fez protestos, esteve na Cagepa e houve promessa da direção da companhia de que a obra iria ser feita e que o governador também esteve naquele município, assinou a ordem de serviço sem que a atividade fosse exetada o que fará com que o povo entre mais um ano novo sem água, fazendo com que a população navegue no que ele chamou de promessas do governador.

Com relação ao município de Pocinhos, segundo a assessoria do parlamentar, Frei Anastácio relatou que naquela municipalidade existe uma situação parecida onde as ruas estão apenas esburacadas para instalação do serviço de saneamento da água, sem a atuação de operário da execução dos trabalhos, fazendo com que a população fique perplexa sem entender o que está acontecendo o que, no entender de Anastácio, não basta só assinar ordens de serviço, como está sendo feito, mas ter compromisso com o trabalho em benefício do povo. “O petista também falou sobre a lei orçamentária, que está para ser votada na Assembleia Legislativa. Ele chamou a atenção para a redução no orçamento, feita pelo governador, nos recursos destinados a várias áreas prioritárias a exemplo da educação, segurança, habitação, UEPB e meio ambiente”, explica aquela assessoria acentuando que a previsão de gastos com segurança pública, por exemplo, apresentou uma redução significativa de 18,49%, sendo inaceitável, diante da realidade do estado que está mergulhado na violência.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top